Produtores de cachaça debatem fortalecimento do setor com Frente Parlamentar de Empreendedorismo

Associação dos Produtores de Cachaça de Areia irá enviar uma pauta de reivindicações
Foto: Divulgação

Produtores de cachaça que integram a Associação de produtores de Cachaça de Areia (APCA) se reuniram, nesta quarta-feira (31), com o deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico, da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Eduardo Carneiro (PRTB), para discutir propostas e ações que promovam o crescimento do setor e o desenvolvimento da região do Brejo.

De acordo com o Eduardo, a Associação dos Produtores de Cachaça de Areia irá enviar uma pauta de reivindicações para que através do mandato do deputado seja encaminhada para o Governo do Estado e demais órgãos buscando alternativas para crescimento do setor na Paraíba.

“Tratamos de vários temas importantes com o objetivo de fortalecer o segmento e através dessas ações levar desenvolvimento, geração de emprego, renda e oportunidades a toda região do Brejo. Essa é uma cadeia produtiva enorme que precisa de incentivo e da força do poder público para crescer cada vez mais, principalmente nesse momento de dificuldade que o setor produtivo vem passando com a pandemia do coronavírus.

Recentemente, a ALPB aprovou projeto do deputado Eduardo Carneiro que concede o título de capital paraibana da cachaça ao município de Areia, que é a 4ª cidade em número de estabelecimentos de produtores de cachaça do Brasil e a 1ª do Nordeste. No município, existem 28 engenhos ativos, que em 2018 produziram 4,5 milhões de litros de cachaça. O setor gera aproximadamente 2 mil empregos indiretos e 45% do ICMS que entra em Areia é oriundo da cachaça. Os dados são do Anuário da Cachaça.

Curso

A Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico chegou a oferecer capacitação para empreendedores de Areia com o objetivo de aquecer negócios e ampliar a geração de emprego e renda. O curso ‘Marketing 4.0: cachaça, turismo e artesanato’ foi uma parceria com a Escola do Legislativo. Cento e dezessete pessoas se inscreveram para realizar a capacitação.

De acordo com Eduardo, os cursos tiveram como objetivo incentivar a criação de empresas e fortalecer os negócios. “Acreditamos que os cursos fortaleçam a ideia nas pessoas de criarem e fortalecerem seus projetos. Isso consequentemente fomenta a geração de renda”, ressaltou o parlamentar.

O curso foi certificado pela Escola do Legislativo e teve como facilitadora Emanuela Lyra. Ela é administradora, tem MBA em Gestão Empresarial FGV/SP, fundadora da Caixa Amarela Negócios Inspiradores e também é especialista em gestão sustentável.

Palavras Chave

Informe Legislativo
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.