Moeda: Clima: Marés:
Início Economia

Quase 620 mil famílias da PB terão R$ 200 a mais no Auxílio Brasil a partir de agosto

Aprovação de PEC dos Benefícios Sociais pela Câmara vai aumentar Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600 até dezembro
Auxílio Brasil
(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Com a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que amplia o pagamento dos benefícios sociais até o fim do ano, 619.784 famílias beneficiárias do programa Auxílio Brasil na Paraíba receberão R$ 200 a mais, já que o benefício passará de R$ 400 para R$ 600. O acréscimo no pagamento do benefício passa a valer a partir de agosto.

A PEC também propõe, até o fim do ano, um auxílio de R$ 1 mil para caminhoneiros, vale-gás de cozinha e reforço ao programa Alimenta Brasil, além de parcelas de R$ 200 para taxistas, financiamento da gratuidade no transporte coletivo de idosos e compensações para os estados que reduzirem a carga tributária dos biocombustíveis.

Com isso, o governo terá R$ 41,2 bilhões em despesas excepcionais, ou seja, fora do teto de gastos, divididos entre benefícios sociais. 

Estado de emergência

Para tanto, a PEC estabelece um estado de emergência “decorrente da elevação extraordinária e imprevisível dos preços do petróleo, combustíveis e seus derivados e dos impactos sociais deles decorrentes”.

Na prática, é como se o governo declarasse que o país vive um momento excepcional, como ocorreu durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Segundo a legislação, não pode haver concessão de novos benefícios ou distribuição de valores em ano eleitoral, a não ser em casos excepcionais, como o estado de emergência. Por isso, há um dispositivo na PEC que prevê a decretação de estado de emergência no país até 31 de dezembro, justificado pela elevação “extraordinária e imprevisível” dos preços do petróleo, combustíveis e seus impactos sociais.

Palavras Chave

Economia

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.