Início Geral

Raimundo Lira revela insatisfação com Renan Calheiros

O senador paraibano Raimundo Lira (PMDB) parece estar chateado com o seu correligionário e líder da bancada do partido no Senado Federal, Renan Calheiros, ex-presidente da Casa. Em entrevista ao programa Correio Debate, da rádio 98 FM/ Correio Sat, Lira confessou que Renan primeiramente demonstrou interesse em presidir a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), deixando o cargo de líder vago para o paraibano. Porém, o que se viu foi o contrário, segundo o Correio Online.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

“Em relação à minha cotação anterior para a liderança do partido, no mês de outubro fiz uma reunião com Renan Calheiros, que era o então presidente, com o atual presidente, Eunício Oliveira, e naquele momento eu conversava com Renan e dizia que ao sair da presidência normalmente o presidente volta para a liderança do partido, por ser o cargo de maior visibilidade. Então eu pedia autorização para começar a trabalhar na CJJ, mas ele disse que eu trabalhasse a liderança dando a entender que ele seria da CCJ. Então eu trabalhei 90 dias falando com companheiros, mas em nenhum momento eu confirmei minha candidatura, porque eu podia ser surpreendido com o fator Renan. Ele sair da presidência e dizer que queria a liderança e foi o que aconteceu”, afirmou.

O parlamentar paraibano também demonstrou descontentamento com Renan quando o senador alagoano apoiou outros nomes para presidir a CCJ, preterindo Raimundo Lira.

“Havia um compromisso que eu fosse para a CCJ já que ele e foi para liderança, mas não aconteceu. Ele indicou Edison Lobão para ser presidente da CCJ, em seguida lançou a senadora Marta Suplicy para que com três candidatos ficasse difícil. Isto vai ter que ser resolvido politicamente, eu tenho um apoio dentro da própria CCJ”, finalizou.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.