Moeda: Clima: Marés:
Início Economia

Rendimento do trabalhador paraibano segue em queda e é o sétimo menor do país

Rendimento para o primeiro trimestre de 2021 ficou em R$ 1.997,00, caiu para R$ 1.813,00 no quarto trimestre e chegou a R$ 1.768,00 neste ano
Inadimplência, Rendimento
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O rendimento médio real de todos os trabalhos na Paraíba, habitualmente recebido por mês pelas pessoas de 14 anos ou mais de idade, foi de R$ 1.768, 30% abaixo do estimado para o Brasil (R$ 2.548) e levemente superior ao previsto para o Nordeste (R$ 1.720,00).

Os dados se referem ao primeiro trimestre de 2022 e foram divulgados nesta sexta-feira (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD C).

O rendimento médio real de todos os trabalhos na Paraíba, habitualmente recebido por mês pelas pessoas de 14 anos ou mais de idade, que estavam ocupadas na semana de referência, foi de R$ 1.768, 30% abaixo do estimado para o Brasil (R$ 2.548) e levemente superior ao previsto para o Nordeste (R$ 1.720,00).

No gráfico abaixo, o IBGE mostra que a renda média do trabalhador paraibano está em queda desde 2021.

Renda média caiu, na Paraíba (Foto: Reprodução)

Na comparação entre as Unidades da Federação, esse valor do rendimento paraibano é o sétimo menor do país e do Nordeste.

O rendimento médio real paraibano estimado para o primeiro trimestre de 2021 ficou em R$ 1.997,00, tendo passado para R$ 1.813,00, no quarto trimestre do mesmo ano.

Segundo o IBGE, no cotejamento com o valor verificado no primeiro trimestre de 2022, esses resultados não foram considerados estatisticamente relevantes, mas mostraram tendência de redução.

Palavras Chave

Economia

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.