Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Ricardo nega irregularidades no Empreender e fala em manipulação

O governador Ricardo Coutinho (PSB) negou que tenham ocorrido irregularidades na liberação de empréstimos por meio do Programa Empreender Paraíba e acusou o conselheiro Fernando Catão, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), de manipular os dados levantados por auditores fiscais. Os números do relatório revelam um aumento de 744% no valor de empréstimos concedidos, em comparação ao mesmo período do ano passado, e de 621% no número de contratos firmados.

Leia também: Carlos Beltrão indefere ação contra Fernando Catão e Cássio

Entretanto, em entrevista a repórter Sandra Macedo, da 98 FM/Correio Sat, Ricardo argumentou que não houve aumento abusivo e que deve-se levar em consideração que o programa ficou parado por um período, após Catão ter suspendido o Empreender. Baseado nesse contexto, o governador afirma que houve manipulação dos dados e  que isso aconteceu na tentativa de influenciar o resultado das eleições de ano.

“Se alguém pega, faz um relatório visando influenciar as eleições com manipulação de dados, eu vou dar por encerrado porque? No passado nós fizemos R$ 13,4 milhões de Empreender. E ele sabe disso, o Catão sabe disso e simplesmente pegou uma época em que o Empreender estava parado, porque ele parou. Ele, no ano passado, deu uma cautelar suspendendo o programa. Nós tivemos que ir para a justiça. Se você comparar o período que eles queriam para fazer campanha política partidária, é claro que aumentaria 600%”, alegou.

Ricardo diz que não vai se calar

Ricardo Coutinho insiste que os números apresentados no relatório do TCE são manipulados e promete não se calar diante do fato. “Eles podem ser solidários a quem quiser, a mim pouco interessa, eu falo a verdade. Se você compara até setembro, enquanto no ano passado foi R$ 13,4 milhões, esse ano só foi liberado R$ 10 milhões. Portanto, nós não vamos liberar mais esse ano não. Foi uma manipulação e claramente uma manipulação buscando criar clima para um debate criminalizando o Empreender e isso eu não vou aceitar. Eu tenho que estar à altura do cargo que eu recebi do povo, eu não recebi de nenhum parente não”, dispara.

TCE reage

Em sessão nessa quarta-feira (26), o Pleno do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE) reafirmou o compromisso institucional com a transparência pública, abrindo cada vez mais o acesso a dados e informações das 223 prefeituras e Câmaras de Vereadores, e do Governo do Estado, por meio do processo de acompanhamento da gestão.

Com a iniciativa, o TCE reagiu às críticas e ataques à instituição e à pessoa do conselheiro Fernando Rodrigues Catão, após este ter emitido “alerta”, nos autos de uma inspeção especial, apontando irregularidades no programa Empreender.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.