adolescente-morre-em-upa-com-suspeita-de-h1n1-na-grande-jp
Vacinação contra H1N1 (Foto: Eduardo Saraiva/ A2img)

Saúde confirma quinta morte por H1N1 na Paraíba

Após passar três dias internado na Unidade de Pronto Atendimento de Tibiri, o adolescente de 15 anos morreu, na época, com a suspeita

201
COMPARTILHE

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou, nesta sexta-feira (10), o quinto caso de morte por gripe H1N1, subtipo da Influenza A, na Paraíba. O caso mais recente aconteceu em Santa Rita, na Grande João Pessoa, no dia 18 de maio.

Após passar três dias internado na Unidade de Pronto Atendimento de Tibiri, o adolescente de 15 anos morreu, na época, com a suspeita. Outros quatro casos foram registrados em 2018 (Cabedelo, Cachoeira dos Índios, Pedras de Fogo e Serraria).

O jovem chegou à unidade no dia 16, com quadro de desconforto respiratório e sintomas compatíveis com infecção pelo vírus H1N1. “Ele foi avaliado por um infectologista e iniciamos tratamento com o Tamiflu. Desde o início do tratamento notamos que ele necessitava de uma vaga em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) isolada. Ele veio piorando gradativamente de saúde e o quadro se agravou com hipófise cerebral”, afirmou a médica na época.

O adolescente iria ser transferido para o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), mas não houve tempo.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas