Início Política

Secretário é preso suspeito de cobrar propina em ambulâncias

Uma operação do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba (MPPB), promovida na madrugada desta quinta-feira (15), terminou com a prisão preventiva do secretário de Finanças do município de Tavares, Michael Allysson Suassuna Porto, suspeito de cobrar propina na aquisição de ambulâncias para o Município. Michael é irmão do prefeito de Tavares, Ailton Nixon Suassuna Porto, que não foi preso, mas também suspeito do mesmo crime.

Leia também: Juíza condena Patrick a prisão perpétua pela chacina na Espanha

Segundo a repórter Jaceline Marques, da TV Correio, o secretário foi preso durante a madrugada, durante diligências da Operação República, que investiga a cobrança da propina que teria sido solicitada por Michael a um empresário que venderia as ambulâncias.

Ainda conforme à TV Correio, o prefeito de Tavares só não foi preso porque conseguiu se apresentar à polícia. O prefeito, que foi indiciado pelo crime, e o irmão irão passar por audiência de custodia, na tarde desta quinta, para saber se irão responder a investigação em liberdade ou presos.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.