Início Notícias

Sindipetro-PB aciona polícia e MP para garantir cumprimento de liminar

O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado (Sindipetro-PB) acionou a Polícia Militar e o Ministério Público para garantir que a liminar que garante a circulação de caminhões para o abastecimento dos postos de combustíveis seja cumprida.

Leia também:

Na manhã desta segunda-feira (28) um trecho da BR-230 que dá acesso ao Porto de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa, foi interditado. Com a interdição uma longa fila de caminhões se formou no local, impedindo o abastecimento dos postos de combustíveis.

Os caminhoneiros seguem fazendo barricadas para controle dos veículos que saem do Porto de Cabedelo, deixando passar um percentual que seria de 30% para abastecimento para serviços essenciais como ambulância, bombeiros, etc.

Com isso, os postos de combustíveis estão implantando o esquema de pré-determinar um horário para atender veículos oficiais que atendem serviços de necessidade básica pela manhã e então, só pela tarde, o motorista comum e empresas privadas. Alguns motoristas passam mais de quatro horas na fila de espera.

No início da tarde, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) comunicou a decisão do acordo celebrado pela Presidência da República e a categoria em nível nacional para o fim do movimento e aguarda que os caminhões voltem a circular pelas rodovias.

*Com informações de Érico Fabres, do Jornal Correio da Paraíba

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.