Início Futebol

Treinador do Botafogo-PB espera que Série C tenha limite para trocar treinador

Medida foi aprovada pelos clubes participantes das Séries A e B de 2021
Marcelo Vilar (Foto: Divulgação)

O treinador do Botafogo da Paraíba, Marcelo Vilar espera que a decisão tomada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que limita a troca de técnicos, também chegue à Série C do Campeonato Brasileiro. A medida foi aprovada pelos clubes participantes das Séries A e B de 2021.

“Espero que isso realmente aconteça, também na Série C. Na verdade é um grande avanço para os profissionais. Os treinadores agora poderão ter mais tempo para trabalhar. Vamos saber como isso vai se comportar, para se ter uma avaliação”, disse o treinador do time botafoguense.

De acordo com decisão, a Série B do Campeonato Brasileiro em 2021, a exemplo da Série A, também terá limite para troca de técnicos durante a competição. A medida foi aprovada pelos clubes participantes do campeonato no Conselho Técnico. A decisão valerá tanto para clubes que queiram demitir seus treinadores quanto para técnicos que peçam demissão de seus times.

Antes, a proposta foi apresentada e defendida pela CBF durante o Conselho Técnico. A regra foi aceita, inicialmente, pelos clubes da Série A. A medida tem como objetivo garantir mais estabilidade e segurança para o trabalho dos técnicos e, consequentemente, dos clubes.

Sendo assim, o clube começará o Brasileiro com um técnico inscrito e, caso demita este treinador, poderá inscrever apenas mais um técnico. Se houver uma segunda demissão, o profissional substituto tem que estar trabalhando no clube há pelo menos seis meses. Em caso de pedido de demissão por parte do treinador, o clube não sofrerá limitação para inscrever um novo técnico.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.