Início Esportes

Treze não aceita conforto no elenco e quer empenho

A vitória de 2 a 0 pode ser uma vantagem considerável, mas para o treinador do Treze Moacir Júnior este resultado construído no jogo de ida contra o Campinense não é confortável. Ele quer mais empenho do seu time na partida de volta.

“Não é de conforto. Vamos continuar com o mesmo empenho. Temos que respeitar o adversário. O Treze conseguiu vencer, na ida, mas temos que continuar lutando por mais uma vitória, no sábado”, disse o treinador do Galo da Borborema.

“Esperar somar mais três pontos para poder coroar esta campanha com nosso maior objetivo que é o título”, declarou Moacir Júnior, destacando o trabalho dos jogadores e da comissão técnica. Ele sentencia que ninguém ganha nada sozinho.

Focado na decisão, o Treze não teve folga. O time deve ser mantido, mas o treinador ainda vai esperar os treinos desta sexta-feira (14). Moacir Júnior promete que ainda estuda a melhor forma para oficializar a equipe que deve começar o jogo de sábado (15), às 16h, no estádio Amigão, em Campina Grande.

Como manda o regulamento da competição, o Treze joga pelo empate para ficar com o título da temporada. Mas ainda tem a seu favor uma derrota com diferença de um gol no tempo normal. Mesmo que perca por 2 a 0, 3 a 1… Ainda terá a chance de disputar o troféu nos pênaltis.

Por: Franco Ferreira

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.