Início Ciência

UFCG apresenta pesquisas de combate à escassez de água potável

Projetos podem viabilizar soluções para escassez hídrica para a região, além da recuperação das águas do Açude Velho
Água UFCG
(Foto: Divulgação/UFCG)

A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) apresentou projetos desenvolvidos pelo Laboratório de Referência em Dessalinização (Labdes) que podem viabilizar soluções para a problemática da escassez de água potável para a população, diante da previsão de escassez hídrica para a região, além da purificação, limpeza e recuperação das águas do Açude Velho.

Idealizado pelo coordenador do Labdes, professor Kepler França, o evento contou com a participação do prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima – acompanhado de secretários municipais -, e do subcomandante do 31º Batalhão de Infantaria Motorizada, tenente coronel Bianki Dantas.

Agradecendo o atendimento ao seu chamamento, Kepler falou da importância do encontro, “do poder contribuir, ajudar ao povo, na superação dos sacrifícios causados pela falta de água potável” e do desejo de ser um exemplo, uma rota a se seguir. “Água não tem cor e é apolítica”, pronunciou.

A importância do Labdes e o comprometimento do seu coordenador com o combate à sede – nas pesquisas de dessanilização/purificação de águas – foram destacados também nas falas do secretário de Agricultura, Renato Gadelha; do subcomandante Bianki Dantas; e do coronel Márcio Saraiva, ex-comandante do 31º Batalhão.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.