Moeda: Clima: Marés:
Início Educação

UFPB volta a afirmar que não tem dinheiro para pagar reajustes em bolsas

Segundo instituição, universidades aguardam suplementação de orçamento, conforme anunciada por presidente Lula e pelo ministro da Educação
UFPB, Bolsas, Dinheiro
Foto: Oriel Farias/Divulgação/UFPB

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) voltou a afirmar que não tem dinheiro suficiente para reajustar bolsas pagas pela instituição. Em nota divulgada nesta segunda-feira (10), a universidade repete o que já foi dito há um mês.

“A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) segue empenhada em dialogar com o Ministério da Educação, como ficou evidente no ofício 009/2023; também expressei minha preocupação à Profa. Denise Pires de Carvalho (Secretária da Secretaria de Ensino Superior, SESU/MEC)”, disse a UFPB, em nota.

Segundo a instituição, as universidades aguardam suplementação de orçamento, conforme anunciada por presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo ministro Camilo Santana, sobretudo que permita cobrir o aumento dos valores de bolsas e recompor perdas orçamentárias, que acontecem desde 2015.

“Na UFPB, por exemplo, em 2019 este orçamento foi de 149 milhões e agora em 2023 contamos com 121 milhões. Estes recursos são para cobrir gastos/investimentos diversos, como aqueles com bolsas, energia, água, equipamentos, empresas terceirizadas (e.g., segurança, limpeza, portaria), obras e manutenções. Havendo recursos suplementares suficientes, a UFPB tem o máximo interesse em promover o aumento digno dos valores de suas bolsas”.

O Portal Correio aguarda resposta do MEC sobre o assunto, que será incluída nesta publicação assim que for recebida pela redação.

Palavras Chave

EconomiaEducação
publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.