Tarifa
Tarifa é R$ 3,80 para Passe Legal e R$ 3,95 com pagamento em dinheiro (Foto: Divulgação/Secom-JP)

Valores reajustados da tarifa de ônibus em JP seguem mantidos

Procurador-geral do Município disse que aumentos foram sancionados pelo prefeito em edição extra do Semanário Oficial, anulando suspeitas levantadas por juíza

269
COMPARTILHE

Os valores da tarifa de ônibus em João Pessoa permanecem reajustados, conforme decidido pelo Conselho Municipal de Mobilidade Urbana (CMMU) em 11 de janeiro deste ano. O procurador-geral do Município, Ademar Azevedo Régis, esclareceu neste sábado (9) o caso para evitar dúvidas entre usuários do transporte coletivo da Capital.

O caso

Nessa sexta-feira (8), a juíza Silvanna Gouveia Cavalcanti, da 2ª Vara de Fazenda Pública da Capital, suspendeu o reajuste das passagens de ônibus da Capital. Assim, a tarifa cobrada, que atualmente é de até R$ 3,95, deveria voltar a ser de R$ 3,55. A ação civil pública foi movida pela associação sem fins lucrativos ‘Minha Jampa’.

Porém, também na sexta (8), a Prefeitura de João Pessoa divulgou edição extra do Semanário Oficial com o reajuste sancionado pelo prefeito Luciano Cartaxo.

Segundo Régis, a publicação no Semanário anula suspeitas de irregularidades e a decisão da juíza perde o efeito. Silvana Gouveia entendeu que o reajuste da tarifa de ônibus não é de competência da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), mas somente do Poder Executivo.

“Desde 1989 que a tarifa de ônibus em João Pessoa é validada por portaria da Semob e depois sancionada pelo prefeito, mas a juíza entendeu que deveria ocorrer sob decreto do prefeito. Ontem mesmo [sexta/8], Cartaxo sancionou o aumento e ele foi publicado no Semanário, então fica tudo como está”, disse o procurador-geral de João Pessoa, Ademar Régis.

Tarifa mais cara está mantida

Com isso, a tarifa do transporte coletivo urbano de João Pessoa, que era de R$ 3,55, permanece em R$ 3,80 para quem paga com bilhetagem eletrônica (cartão Passe Legal), e R$ 3,95 para pagamento em dinheiro. Os aumentos correspondem a 7,04% e 11,27%, respectivamente, percentuais bem maiores que os 3,75% de inflação constatados em 2018.

“[O aumento] é necessário para manter o equilíbrio econômico-financeiro do consórcio de transporte de João Pessoa”, finalizou o procurador-geral do Município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas