Moeda: Clima: Marés:
Início Política

Veneziano defende que liberação de torcidas se aplique para as Séries C e D

No retorno das sessões deliberativas presenciais do Senado, o Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) usou a tribuna do plenário para fazer uma sugestão ao presidente Davi Acolumbre sobre a expansão da liberação dos 30% de capacidade das torcidas nos estádios do nosso país em jogos das Séries C e D do Campeonato Brasileiro.

Leia também: Alemanha autoriza presença de 20 mil pessoas no GP de Eifel

Veneziano lembrou que a autorização do Ministério da Saúde abrangeria apenas os jogos da Série A e B, mas defendeu que a medida também seja adotada para as Séries C e D, beneficiando automaticamente clubes paraibanos, Campinense, Treze, Botafogo e Atlético de Cajazeiras, que este ano disputam as duas competições nacionais organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Ao se dirigir ao presidente da Casa, senador Davi Alcolumbre, Veneziano disse que estava atendendo um apelo dos torcedores paraibanos, que desejam a volta aos estádios em jogos de seus clubes, cumprindo todos os protocolos de segurança e prevenção à Covid-19.

Ele pediu a Alcolumbre para fazer uma solicitação junto ao Ministério da Saúde e à CBF para que a decisão de autorizar torcidas nos estádios com a capacidade reduzida também alcance os clubes das outras séries e lembrou que na Paraíba, Treze e Botafogo-PB estão disputando a Série C, enquanto Campinense e Atlético de Cajazeiras disputam a Série D.

CBF

De imediato, o presidente acatou o pedido e garantiu levar o pleito às autoridades do governo federal e CBF. “É importante registrar porque, se, naturalmente, com toda a segurança sanitária, está se dando a condição de que com 30% participe em outras categorias, que a gente possa estender para outras categorias de nosso futebol, que é a paixão de todos os brasileiros. A preocupação de vossa excelência é importante nesse momento de retomada, em que o Brasil se organiza para o pós pandemia” destacou.

*Com informações de Edinho Magalhães, correspondente do Correio em Brasília

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.