Início Notícias

Vereador de PE estaria entre mortos em ação integrada na PB

Um vereador do município de Betânia, no Sertão de Pernambuco, pode estar entre os oitos mortos durante confronto com a Polícia Militar entre Barra de São Miguel e Riacho de Santo Antônio, no Cariri da Paraíba. O grupo teria participado da morte de um policial militar de Pernambuco nessa segunda (1º), durante troca de tiros após roubo na cidade de Santa Cruz de Capibaribe. De lá, eles fugiram em direção à Paraíba, onde foram localizados na manhã desta terça (2).

Em nota enviada ao Portal Correio, a Polícia Civil de Pernambuco diz que a suspeita é de que o vereador Andson Berigue de Lima (PP), de 29 anos, mais conhecido como Nanaca, teria ido resgatar o irmão, líder do bando, formado ainda por um primo deles.

De acordo com o tenente-coronel Lúcio Flávio de Campos, comandante do 24° Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco, os quatro suspeitos do assalto nessa segunda-feira (1º) estavam escondidos no Sítio Boi Brabo, no limite entre os municípios de Riacho de Santo Antônio e Barra de São Miguel, na Paraíba.

O comandante ainda explicou que a PM localizou os suspeitos através do Serviço de Inteligência, que teve conhecimento de que eles seriam resgatados por outras quatro pessoas.

“Nossa operação se iniciou desde a investida em Santa Cruz do Capibaribe. Os serviços de inteligência da PM monitoravam a quadrilha e, às 3h30 desta madrugada, o restante do grupo, quatro suspeitos em dois carros, chegou ao local para resgatar os demais. Foi quando se iniciou o confronto. Eles eram bandidos extremamente perigosos”.

Recebidos a bala

Após fazer o cerco no local, a corporação teria sido recebida a bala, mas revidou. Houve troca de tiros no local e todos os bandidos foram atingidos. Na ação, a PM apreendeu dois revólveres calibre 38, duas pistolas 380 e uma espingarda de calibre 12.

Os materiais serão encaminhados à 21ª Delegacia de Polícia de Homicídios, em Santa Cruz do Capibaribe, que dará andamento às investigações.

O tenente-coronel Lúcio Flávio informou que todos tinham envolvimento, direta ou indiretamente, na ação dessa segunda (1º) e em outras ações, como assaltos à bancos, além da suspeita de fazerem parte de uma facção criminosa do Nordeste.

Participaram dessa operação, pelo lado Pernambucano, além do 24° BPM, o Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi), o Grupamento Tático Aéreo da SDS (GTA), a Delegacia de Santa Cruz do Capibaribe e o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Pela Paraíba, estiveram envolvidas as Polícias Militar e Civil.

População apoia ação policial

Após o confronto com os suspeitos, a polícia teve que seguir com os corpos pela cidade, já que houve a necessidade de levá-los até o Instituto de Polícia Científica. No caminho, a população acompanhou e aplaudiu a ação policial.

Comentários

  • Rod disse:

    Execução!!! Ninguém reagio já chegaram atirando e matando

  • domicio rodrigues holanda junior disse:

    parabéns aos policias vao todos para o ……………

  • Batista disse:

    Parabéns as polícias dos dois estados,principalmente a de Pernambuco por tirarem a vida de um policial fazendo o seu trabalho.que Deus conforte a família do policial.

  • José Francisco disse:

    Não, não senhor repórter: não era a PM que tinha que transladar esses corpos ao IML. Primeiro teria que haver uma perícia, depois a viatura da Polícia Científica era que se encarregaria disso.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.