Início Notícias

Fenômeno raro é visto no céu da Paraíba; vídeo

Um fenômeno raro foi visto no céu paraibano no começo da madrugada de sábado (18). O chamado ‘gigantic jet’ (‘jato gigante’) se formou a partir de uma nuvem de tempestade que estava próxima a Caicó, no Rio Grande do Norte, a cerca de 250 km de onde foi registrado, em João Pessoa. As imagens foram capturadas pela Rede Brasileira de Detecção de Meteoros (Bramon), que é uma rede de astrônomos profissionais e amadores do Brasil.

Apesar do registro ter sido feito no sábado, as informações só foram divulgadas nesta segunda-feira (20) pela Associação Paraibana de Astronomia (APA).

Veja o vídeo

Leia também:

Esse fenômeno é o segundo já visto na Paraíba. O primeiro registro no Brasil foi feito em 2017, ocorrido em Taperoá e identificado em Campina Grande. Veja o registro de 2017 abaixo:

Jato gigante

O jato gigante é o mais raro dentre os Eventos Luminosos Transientes (TLEs), que são fenômenos de curta duração que ocorrem acima das tempestades. Os TLEs são associados a descargas atmosféricas comuns, também conhecidas como raios, dentro das tempestades. Os TLEs mais comuns são os sprites, que também já foram registrados na Paraíba algumas vezes. Existem outros TLEs, como elfos, halos, trolls, blue starters e jatos azuis.

Os jatos gigantes são como uma variação de jatos azuis, que se desenvolveram mais intensamente e evoluíram. A teoria mais aceita é a de que os jatos gigantes se formam entre duas regiões de cargas opostas em uma nuvem de tempestade, e disparam para a ionosfera, atingindo até 90 km de altitude, formando, na sua parte mais alta, ramificações avermelhadas.

Comentários

  • Eliane da Silva disse:

    Tá parecendo mais que usaram aquele projeto Blue beam..

  • Adonias Pereira Do Nascimento disse:

    É um camarão do espaço, fugindo dos demônios da terra.

  • Gerson disse:

    Se as pessoas soubessem um pouquinho sobre equipamentos secretos dos governantes mundias saberiam que isto daí pode ser mais uma vez que estão usando a tal da máquina chamada de BLUE BEEM ou seja são ANTENAS DE ALTA FREQUÊNCIA, usadas para vários propósitos como por exemplo mexer alterar a natureza mares, ventos, temperaturas, chuvas, clima etc resumindo fazer GUERRAS USANDO A NATUREZA E ATÉ MESMO FAZER APARECER NOS CÉUS IMAGENS COM PROPÓSITOS OBSCUROS DOS QUAIS POUCOS MEROS MORTAIS CONHECEM.

  • Maria José Nunes de oliveira disse:

    Mistérios de Deus

  • Edmilson Rodrigues do Ó disse:

    “…..sinais estranhos no céu”

  • DANIELA disse:

    Que tipo de som é esse no vídeo?

  • Railani disse:

    Eu acho que é um foguete

  • Rogério disse:

    O nome desse fenómeno é mais conhecido como Sprite, são descargas elétricas que vão das nuvens em direção ao espaço, alguns chegam a ter até 90 km de altura acina das nuvens onde ele é gerado.

  • Tina disse:

    Sou criança mas acho que foi uma mistura de dois gases poluentes, que fez essa cor roxa, e parece que ao invés de descer parece que ele sobe.

  • Luiz Barros disse:

    Na verdade os raios ascendentes são frequentemente avistados tanto por astronautas, como por aeronautas.

  • Edson disse:

    Eu acho não, eu tenho certeza. Isso aí são sinais da volta de Cristo Jesus, se não quiserem ficar nesse mundo podre se convertam ao Senhor Jesus, porque Ele está as portas.

    • Matheus disse:

      Para com esse negócio da volta de Cristo!!! Ele não vai voltar, se fosse pra voltar ele teria voltado!

  • Erasmo de Freitas Cavalcante disse:

    Um raio inverso que ao inves de descer ele arremetese á ionosfera causando essa espiral de luminosidade

  • Milton disse:

    Deus é único,verdadeiro e real, são mistérios ocultos aos homens.Muitos tentam explicar,mas, só Deus sabe.

  • Márcio disse:

    Simplesmente são sinais da volta de Jesus Cristo! Podem não acreditar, mas é.

  • Lana disse:

    É a volta de jesus

  • André Luiz Costa Ferreira disse:

    É o raio que o parta. Kkkkkk

  • Didi disse:

    Acho que é um raio que em vez de cair ele sobe. Um raio ao inverso.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.