Início Notícias

Abastecimento será normalizado até fim de semana, garante Sindipetro

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado da Paraíba (Sindipetro-PB), Omar Hamad, garantiu, em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (29), que o abastecimento de combustíveis estará normalizado em toda a Paraíba até o fim de semana. Sobre reajustes em outros combustíveis, Omar afirmou que “não muda nada”.

Leia também: 

“Comunicamos à sociedade que a tendência é que, no mais tardar, até o fim de semana tudo esteja normalizado no abastecimento dos postos de combustíveis na Paraíba”, disse.

Omar Hamad alertou à população que a situação da Grande João Pessoa já está controlada e que não há desespero por combustível, sendo desnecessário ficar horas nas filas dos postos de combustível. “Peço um pouco de paciência à população. Não há mais necessidade de desespero para estar em filas, pois tudo já está se normalizando”, alertou.

De acordo com Omar, João Pessoa não teve colapso no abastecimento, e mais de 50% dos postos de combustíveis da cidade está normalizado. Já em Campina Grande o quadro foi diferente: houve um grande colapso, pelo fato da distância entre a cidade e o Porto de Cabedelo.

“Hoje o que está normalizado é a Grande João Pessoa. No interior a situação é crítica pela logística. O transporte de combustível já é feito normalmente pelos postos, e eles ficaram com medo de colocar os caminhões na estrada e não conseguirem carregá-los por conta dos bloqueios”, disse Omar Hamad.

Ainda na entrevista coletiva, o presidente do Sindipetro-PB convocou os donos de postos do interior do estado para virem abastecer os caminhões-tanque no Porto de Cabedelo, pois a distância entre os municípios e o porto é o único empecilho para o abastecimento dessas cidades.

“Convoco todos os empresários do interior para que mandem seus caminhões-tanque para o Porto de Cabedelo. A situação aqui já está normalizada e os bloqueios já foram desobstruídos. O porto está aberto e pronto para abastecer toda a Paraíba”, afirmou.

Sobre o ajuste no preço do Diesel, Omar Hamad disse que o objetivo é que os empresários cobrem o valor ajustado assim que receberem o combustível com o desconto de 0,46 centavos. Para outros combustíveis, o reajuste foi descartado.

“O acordo foi feito justamente para isso, o valor deve ser repassado na íntegra para o consumidor final, então, as bombas de combustível devem apresentar o desconto de 0,46 centavos. Já para a gasolina e etanlo, não muda nada, segue o mesmo valor”, finalizou.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.