Início Política

‘Aprendiz de Vereador’ retorna com edição remota do programa

O programa Aprendiz de Vereador, da Escola do Legislativo da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), abriu edital para o projeto especial ‘Aprendiz de Vereador 2.0: Estágio-visita Remoto em Sistematização Legislativa’, nesta segunda-feira (10).

Leia também: Maranhão elogia decisão de Bolsonaro sobre missão de Temer no Líbano

Poderão se candidatar por inscrição online, até esta quarta-feira (12), os concluintes de qualquer edição ou turma do Aprendiz de Vereador, que participarão de grupo de trabalho responsável pela revogação das leis municipais em desuso.

Os interessados participarão de oito subgrupos de trabalho, que devem ser indicados pelos aprendizes de vereador, de acordo com suas preferências, no ato da inscrição: Criança e Adolescente; Idoso; Defesa do Consumidor; Comércio; Instituições Financeiras e Bancárias; Saúde, Meio Ambiente e Políticas Públicas sobre Drogas; Educação e Cultura; e Transportes Públicos.

A ideia é que os integrantes do projeto especial sistematizem e consolidem, remotamente, a legislação municipal. O trabalho será em conformidade com o realizado pela Comissão Especial de Estudos responsável por revogar as leis em desuso da Capital, grupo presidido pelo vereador diretor da Escola do Legislativo, Lucas de Brito (PV).

Aprendiz de Vereador 2.0

A previsão é de que as atividades do ‘Aprendiz de Vereador 2.0’ durem quatro semanas, de forma remota, sob supervisão da Escola do Legislativo Professor Celso Furtado. Os participantes receberão certificado de 60 horas de trabalho e, para os aprendizes de vereador que desenvolverem a função de representantes dos subgrupos de trabalho, será de 80 horas.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.