Início Notícias

Bandidos tiveram tempo até de empurrar carro em ataque a banco

Durante um ataque a uma agência da Caixa Econômica Federal na Avenida Floriano Peixoto, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, na madrugada desta terça-feira (27), os bandidos envolvidos na ação tiveram tempo até de empurrar um dos carros usados no crime. Um vídeo divulgado através das redes sociais mostra o momento em que os criminosos deslocam o veículo, aparentemente não demonstrando pressa para isso.

Leia também:

Na gravação, a rua enfocada é bem iluminada e é possível ver um dos suspeitos empurrando o carro, um Honda City de cor branca, por alguns metros. Em seguida, ele é auxiliado por um comparsa e pelo condutor do veículo. Pelo menos quatro homens são vistos na gravação. Não se sabe por que o automóvel precisou ser empurrado ou se os suspeitos teriam optado por agir dessa maneira.

Após fuga dos bandidos, a polícia apreendeu o carro visto no vídeo nas proximidades do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Dentro do veículo, os policiais encontraram arma, cilindros, explosivo e outros materiais usados na ação.

O crime

A ocorrência, que aconteceu por volta das 2h30, foi o 17º caso de ataque a banco registrado em 2018 na Paraíba. Equipamentos e estrutura do prédio foram bastante danificados pela explosão. A Polícia Federal deve investigar os suspeitos, bem como fazer o levantamento de prejuízos financeiros.

Por conta da ação criminosa, tráfego de veículos e ônibus foram desviados por agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob).

A Polícia Militar divulgou que apreendeu dois carros que teriam sido usados pelos bandidos. Um dos carros, um Honda City, já citado, e o outro, um Fiat Strada, que estava na Rua Ademar Cabral de Medeiros, com compartimentos sujos de pó químico.

Comentários

  • Anônimo disse:

    Se o negócio continuar do jeito que vai:
    Dá próxima vamos acabar vendo os bandidos colocando os policiais para empurrar.

  • Anônimo disse:

    As agências atualmente contam com sistemas de segurança que quando acionados comunica de imediato a Polícia, sem falar que o barulho de uma explosão é altíssimo, haja vista o horário 2:30 da madrugada, o tráfego de veículos é muito baixo, portanto, acredito que daria tempo de chegar e combater a ação. A corporação tem que se pronunciar perante este fato vergonhoso, o que aconteceu?

  • Anônimo disse:

    Fato vergonhoso para a segurança pública da Paraíba, que conta com bons armamentos, veículos e até helicóptero, mas na hora do vamos ver, cadê? Não serve pra nada!

    A criminalidade está cada vez mais preparada, e daqui há alguns dias, já podem ir assaltar sem precisar de armas, pois a Polícia nunca aparece.

  • Marcos Tadeu disse:

    Também com uma PM comandada por quem esta comandando, vocês queriam o que? Ele é bom mesmo em outras coisas que virão a tona em breve e em fabricar estatísticas pra enganar RC.

  • eu disse:

    tem policiamento tem mas não aparece nunca, helicoptero só se ver na orla, parece ate que e dos bombeiros procurando afogamento para resgatar.

  • marcelo pereira disse:

    segundo a constituição : qualquer do povo pode fazer a prisão , não necessariamente tem que ser da policia, quem viu deveria ter agido para evitar o furto.

  • JOSÉ HUMBERTO V. SANTIAGO disse:

    ISSO É SÓ MAIS UMA PROVA QUE A SEGURANÇA PÚBLICA ESTÁ FALIDA, EMBORA QUE A CLASSE POLITICA NÃO QUER DIVULGAR NEM ADMITIR, INFELIZMENTE A SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA ETC. TÁ TUDO FALIDO. SÓ NÃO ESTÁ FALIDO NESSE BRASIL É OS SALÁRIOS E REGALIAS DA CLASSE POLITICA E DO PODER JUDICIÁRIO QUE LEVAM VIDA DE REI AS CUSTAS DA MISSERIA DO POVO.

  • Carlos Soares disse:

    Realmente a pm nunca aparece.

  • Bento disse:

    A polícia não aparece. Nunca vi a polícia trocar tiros com os bandidos que implode caixas eletrônicos. Logística tem. Armas pesadas tem. Sinceramente, não sei o motivo do não enfrentamento. Alguém aí me explica. Porque os bandidos tem tempo até pra empurrar o carro que não pega. Talvez seja movido a álcool.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.