Início Notícias

Caminhoneiros vão manter greve mesmo com Exército

“Não vamos abrir nem para um trem!”. Foi dessa maneira que o presidente do Sindicato dos Condutores e Empregados em Empresas de Transporte de Combustíveis Produtos Perigosos e Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (Sindconpetro-PB), Hermerson Galdino, reagiu a determinação do presidente Michel Temer (MDB) de enviar tropas federais para desobstruir as estradas no Brasil.

Leia também: Temer autoriza uso de forças federais para desbloquear rodovias; assista

Ao Portal Correio, Hermerson voltou a afirmar que a manifestação dos caminhoneiros, que protestam desde segunda-feira (21) contra o aumento de preços do óleo diesel, é pacífica e ordeira, sem bloqueio das rodovias.

“Nossa manifestação é pacífica e ordeira. Não estamos bloqueando rodovias. Ele (presidente Michel Temer) vai nos obrigar a trabalhar? Vivemos em um país democrático e ele (Temer) deve nos respeitar. Nós, caminhoneiros, vamos permanecer onde estamos. Não vamos abrir nem para um trem!”, disse Hermerson Galdino.

Comentários

  • Alberto disse:

    Outubro vem ai não vamos votar nesses canalhas

  • Luiz Dias disse:

    Bandinho de baderneiros, nada obriga vcs a trabalharem se demitam, abandonem tudo, só que não tem direitos de impedir coagindo ao próximo de voltar a trabalhar … isso que vcs estão fazendo serve a outros propósitos que não é o preço do combustível … só pra otario ver ….O tempo vai mostrar os verdadeiros comandantes por trás deste movimento “natural” . Leis tem que serem respeitadas…

  • ADRIANO disse:

    O POVO TEM QUE IR EM MASSA AS RUAS CONTRA ESSE DESGOVERNO CONTRA ESSA CORRUPÇÃO QUE QUEREM DESTRUIR NOSSA NAÇÃO, NOSSA BANDEIRA JAMAIS VAI SER VERMELHA!

  • Gilberlane Souza da Silva disse:

    Vamos sair do conforto de nossas casas, e vamos pra rua se juntar aos caminhoneiros, porque não é só caminhão que precisa de gasolina, óleo, álcool, etc…
    Vamos pra rua meu povo!

  • Adriana Bacelar disse:

    Por que não solicitou as forças federais para tirar um bando de desocupados que estão em Curitiba, em frente a sede da polícia federal, em vigília para um condenado?
    Por que não mantém a ordem com os MST invadem os grandes centros das capitais, saqueando e fazendo desordem para a população trabalhadora?
    Por que o Exercito ainda não invadiu Brasilia, solicitando a desocupação daquele lugar.
    Faça-me o favor sr. Presidente, respeite os verdadeiros trabalhadores que estão cansados de tanta hipocrisia e roubalheiras. #somostodoscaminhoneiros

  • Hudison disse:

    Cadê o MST e os sem teto que por tudo querem quebrar vamos a rua também.

  • Hudison disse:

    Esse é o povo que acredita nisso seus ideais , não baixemos nossas cabeças aos tiranos não!!!! O ano de 64 já passou e o povo resistiu , não será agora que vamos deixar de defender essa causa Nobre. Avante povo guerreiro…

  • VAMOS A LUTA POVO!!!! disse:

    CONCORDO COM O MOVIMENTOS , AGORA VEJO A POPULAÇÃO NADA FAZER , AS CLASSES EM GERAL DOS MOTORISTAS ESTAO SE MOBILIZANDO , E ESSE PRESIDENTE DE MERDA TA SUBSTIMANDO O PODER DA VOZ DO POVO !!!! E TA NA HORA DE SAIR DE CASA DO CONFORTO E IR PRA RUA FAZER UMA GREVE GENERALIZADA , REALMENTE FAZER O CAOS ACONTECER , SO ASSIM ESSE PRESIDENTE E SEUS GOVERNANTES VAO VER QUE OS BRASILEIROS NAO ESTAO DE BRINCADEIRA !!!

  • Katullo disse:

    Simples. Atravessar os caminhões na rodovia, desligar, trancar o caminhão e sair de perto. Como vão rebocar milhares de caminhões?

  • Fernando José da Silva Monteiro disse:

    Só não é arrochado com o MST.

  • Carlos disse:

    E há quem diz que o Brasil é democrático! Democracia esta que lhe obriga a votar! Não existe nenhuma punição se você não comparecer! Apenas, fica privado de abrir contas bancárias, tirar documentos, não participar de concursos (…). Viva a democracia brasileira à moda do Império do Brasil! Viva o Poder Moderador! Viva Dom Temer!!!

  • gilberto silva disse:

    Eles querem que saiam das estradas saiam e coloquem os caminhoes em terrenos e ruas paralelas e fiquem atentos a caminhoes rodando e parem todos para que se juntem ao movimento.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.