Moeda: Clima: Marés:
Início Serviços

Contrato emergencial devolve ônibus aos distritos de Galante e São José da Mata, em Campina Grande

Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros (Sitrans-CG) segue ignorando determinação judicial
Ônibus
Foto: Divulgação/STTP

Moradores dos distritos de Galante e São José da Mata já contam com ônibus para acessar a zona urbana de Campina Grande. Veículos contratados emergencialmente pela Prefeitura Municipal começaram a circular às 6h desta quinta-feira (12), com tarifa zero.

De acordo com a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP), ao longo do dia novos ônibus serão integrados à frota, para atender aos moradores dos distritos de Jenipapo e Estreito-Salgadinho.

A contratação emergencial foi autorizada pelo prefeito de Campina, Bruno Cunha Lima, na noite dessa quarta-feira (11), após seis dias de impasse com o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros (Sitrans-CG). Os custos da operação, inclusive com a implantação da tarifa zero em caráter emergencial, serão descontados do subsídio pago às empresas do setor de transporte público.

Na última quinta-feira (5), a entidade anunciou a suspensão das linhas 903-B, 910, 902 e 955, que ligam Campina Grande aos distritos de São José da Mata, Jenipapo, Estreito-Salgadinho e Galante. Na sexta (6), a 2ª Vara de Fazenda Pública proibiu o sindicato de suspender a circulação dos ônibus. O Sitrans não cumpriu a ordem e, no sábado (7), o município amanheceu sem ônibus. O diretor da entidade, Anchieta Bernardino, foi intimado oficialmente a cumprir a determinação no próprio sábado, sob pena de multa diária de R$ 20 mil, mas, ainda assim, tem ignorado a justiça.

A intervenção municipal como resposta ao abandono das linhas pelas empresas começou a ser planejada na segunda-feira (9).

As empresas alegam que a remuneração tarifária não cobre os custos da operação dos ônibus, tornando insustentável a prestação do serviço. Porém, a justiça diz que analisou planilhas e observou que há saldo positivo nas contas das linhas suspensas.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.