Início Notícias

Coronavírus: Paraíba confirma primeiro caso de Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde recebeu, na tarde desta quarta-feira (18), o exame que confirma o primeiro caso de Covid-19 no estado, doença provocada pelo coronavírus. Trata-se de um homem de 60 anos, residente no município de João Pessoa, com histórico de viagem para Europa, retornando ao Brasil no dia 29/02.

Leia também: 

De acordo com a Pasta, o paciente foi atendido pela rede privada, esteve em isolamento domiciliar e já está fora do período de contaminação da doença, ou seja, está bem. Os familiares dele também foram testados e ninguém foi contaminado, sem apresentar problemas.

Até o momento, a Paraíba realizou a notificação e coleta de 96 casos, sendo 1 confirmado, 16 descartados e 80 aguardam resultado da análise dos exames pelo Instituto Evandro Chagas, em Belém-PA, referência regional. Todos os exames são realizados seguindo os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Uma mulher de 39 anos morreu com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e está entre os casos suspeitos de Covid-19.

A Secretaria de Estado da Saúde negou nessa terça-feira (18) que ocorra subnotificação de casos, após internautas levantarem questionamentos de que a Pasta estaria escondendo informações para evitar pânico na população. Conforme a Saúde, não há kits suficientes para que todas as pessoas com sintomas sejam testadas, por isso eles são priorizados para aqueles que apresentam situações muito específicas.

  • Apresentar febre e sintomas de gripe como tosse e dificuldade de respirar
  • Nos últimos 14 dias tenha histórico de viagem para área de transmissão local
  • Tenha feito contato próximo com caso suspeito ou confirmado do novo coronavírus

O material coletado é encaminhado para o Instituto Evandro Chagas, no Pará, que faz a análise. Porém, o resultado não muda a conduta clínica para tratamento. Sendo importante manter o isolamento domiciliar mediante inicio de sintomas. “O Estado continua seguindo os parâmetros do Ministério da Saúde e com atenção a todos os casos”, informou.

Nesta quarta-feira (18), o Ministério da Saúde informou que os Laboratórios Centrais de Saúde Pública (Lacen) dos 26 estados e do Distrito Federal estão aptos a realizarem exames para o coronavírus.

“A medida é importante porque descentraliza o diagnóstico do coronavírus para todo o país. As capacitações, que estavam sendo realizadas desde fevereiro deste ano, foram finalizadas hoje em evento de encerramento, em Belém (PA)”, disse a Pasta.

De acordo com a Secretaria de Saúde da Paraíba, a equipe do Lacen no estado foi capacitada e o Laboratório deverá iniciar a rotina de testes nos próximos dias.

Saiba mais sobre o coronavírus

Comentários

  • Ulisses Cruz disse:

    Gostaria de saber como está a contaminação nas seguintes cidades da Paraíba Itapororoca, Araçagi, Santa Rita, Pedras de Fogo, Lagoa de Dentro e Curral de Cima para saber se é de fato fake news que onde ha abundancia de frutas com ph maior que 8 há uma menor contaminação do covid19 uma vez que as frutas produzidas tem um menor custo para a população

  • Sinha Silva disse:

    Sempre é bom usarem esse meio de comunicação nas TVs e nos rádios pra nuns formar melhor sobre a verdade aqui na Paraíba . Pq já estão falando q no hospital clementino flagra estar uma calamidade de num sei quantas pessoas infectadas é q a Impresa estar escondendo. Queria MT uma resposta sobre isso

  • Kátia Medeiros disse:

    Otima noticia a descentralização vai por fim as fakes e tornar a resposta é tratamento mais rápidos.

  • Marly Francisca dos Santos sousa disse:

    Como todas as pessoas, fico também preocupada com está doença. Até porque, tenho imunidade baixa e não tenho intestino grosso. Mas, tenho muita fé em Deus e tenho certeza, que logo sairemos dessa pandemia. A Oração faz parte da minha vida.

  • Sidilene Gonzaga de Melo disse:

    Muito boa informação… Retumbante!!!

  • Saulo de Lima disse:

    Complicado

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.