Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

CRM interdita USFs que estavam sem médicos em JP

Duas Unidades de Saúde da Família (USF), que funcionam no Bairro das Indústrias, Zona Sul de João Pessoa, foram interditadas eticamente pelo Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), nesta quinta-feira (22). Segundo o CRM, elas estariam funcionando sem médicos.

Os postos fiscalizados e interditados eticamente foram USF Bairro das Indústrias II (Cidade Verde II) e USF Bairro das Indústrias III (Cidade Verde III). A interdição terá início a 0h desta sexta-feira (23) e impede que os médicos residentes trabalhem no local.

De acordo com o CRM-PB, as unidades contavam apenas com médicos residentes e equipe de enfermagem, o que coloca em risco o atendimento à população. Para os médicos residentes atuarem é preciso que haja um médico preceptor, que é o profissional responsável por conduzir e supervisionar o trabalho dos residentes em uma unidade de saúde.

“Os postos de saúde estavam sem médicos escalados para trabalhar. Os médicos residentes não podem atuar sem um preceptor, pois ele é o responsável pelo paciente. O preceptor é quem oferece orientação para que o residente recém-graduado aprimore seus conhecimentos, em situações reais”, destacou o diretor do Departamento de Fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa.

Saúde diz que vai resolver problema

Procurada pelo Portal Correio, a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde de João Pessoa informou que as unidades operam com médico residente e que o médico preceptor, que supervisiona os atendimentos, pediu afastamento recentemente. Também foi informado que o problema será resolvido. Veja abaixo a nota na íntegra.

“A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa esclarece que as Unidades de Saúde da Família (USF) Cidade Verde I e III, localizadas no Bairro das Indústrias, contam, cada uma com um médico residente em Saúde da Família e Comunidade, ambos graduados e registrados no Conselho Regional de Medicina (CRM). O médico preceptor dessas unidades pediu afastamento recentemente, mas a SMS já está tomando as devidas providências para a contratação de um novo médico preceptor para acompanhar o trabalho dos residentes.

O programa de residência médica da SMS de João Pessoa está entre os mais conceituados do país, sendo reconhecido nacionalmente entre as instituições de ensino e oferecendo atendimento de qualidade à população”.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.