Início Notícias

Mais de 80% consideram ‘guarda pessoal’ absurda

A criação de uma guarda pessoal para ex-governadores paraibanos pelo Governo do Estado gerou polêmica em toda a Paraíba e também ganhou repercussão nacional. Em enquete realizada pelo Portal Correio durante uma semana, 2.875 pessoas participaram e 82,8% consideraram a medida ‘absurda’, enquanto 17,2% acreditam que a criação da guarda foi uma medida ‘normal’. Nessa sexta-feira (13), o Tribunal de Contas do Estado proibiu contratação para a guarda pessoal.

Veja também:

Alguns participantes deixaram comentários mostrando indignação com a lei sancionada pelo governador Ricardo Coutinho. “Uma afronta à sociedade, onde várias cidades não têm efetivo da Polícia, e esse cidadão terá 12 policiais exclusivos. Vergonha!”, disse João Marques.

Já Fábio Nunes revelou que a medida é abusiva e apontou outra solução. “Se o governador quer mais segurança, por que não se sente seguro, ao invés de criar uma guarda particular, é só investir em segurança pública contratando mais policiais em obediência a Lei Estadual”, disse.

Representação junto ao TCE

O Ministério Público de Contas ingressou com uma representação junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) para que o governador Ricardo Coutinho (PSB) se abstenha de criar ou executar qualquer despesa pública com a criação da guarda.

Oposição reage

O deputado estadual e líder da bancada de oposição Bruno Cunha Lima (Solidariedade) protocolou, no Ministério Público Estadual (MPPB), uma representação contra da Lei que prevê a criação da guarda pessoal para ex-governadores. O parlamentar quer a revogação dessa nova legislação.

O líder da oposição questionou a necessidade dessa lei de beneficio particular, uma vez que a Paraíba vive um dos piores momentos da sua história na segurança pública. Ele disse que por tudo isso é preciso que o Ministério Público tome providências.

PMs querem investigação do Ministério Público

Policiais militares da Paraíba acionaram o Ministério Público Estadual para impedir o cumprimento da lei. A informação foi do presidente do Clube dos Oficiais da Paraíba, coronel Francisco de Assis, que avaliou a lei como “imoral”.

O Governo. Na semana em que a polêmica se instalou, o secretário de Comunicação Luís Tôrres explicou que essa “garantia já é assegurada em outros estados brasileiros, inclusive do Nordeste, e pelo Governo Federal em razão da natureza da função exercida pelos ex-governadores e ex-presidentes. No caso da Paraíba, não precisa ser muito bem informado ou ter boa memória para saber que o governador Ricardo Coutinho, ao longo destes sete anos, contrariou muitos e muitos interesses particulares para poder concretizar e realizar todas as ações coletivas que transformaram a lógica de desenvolvimento deste Estado. Como se sabe, muitos desses interesses contrariados geraram em alguns um ódio perigosamente externado. O que torna essa medida temporária ainda mais necessária. O resto é demagogia daqueles que fazem política enriquecendo o próprio patrimônio e adoram tudo aquilo que não pode ser publicado no Diário Oficial”.

Comentários

  • Fernando disse:

    esse é só mais um

  • Robson Pacheco disse:

    É lamentável que o nosso estado tenha um governo pensando em segurança pessoal, enquanto isso os paraibanos estão sofrendo sem segurança pública, é lamentável que um governo saia do seu posto de comando para visitar um bandido em Curitiba, ( vale salientar que eu votei tanto em Ricardo como em Lula no primeiro mandato, e no segundo não porque já tinha dado para ver a podridão dos dois), isso mesmo viajem com dinheiro público, gente vamos deixar de adorar qualquer que seja o político, ele de um modo geral não estão nem aí para o povo, façam valer o seu voto, não prestou vira em outro, más, aceitar essas irresponsabilidade desses políticos corruptos nos dias de hoje é inaceitável, quem paga a conta somos todos nós, sem saúde, sem segurança, sem educação, etc. Eles não precisam disso porque as nossas custa colocam seus filhos em escolas de primeira, médicos e hospitais quando precisar serão particular, é o resto do povo ferrado porque tem pessoas que não sabem valorizar o seu voto.

  • vicente cesar andrade disse:

    “Que tiro foi esse” que saiu pela culatra?

  • sergio disse:

    Não é possível que uma pessoa em são consciência, concorde com uma lei esdruxula dessa. quem apoia uma atitude dessa no mínimo tem algum cargo comissionado como esse babão do torres. ele pode ter feito a paraíba ser o estado numero 1 em tudo no mundo, mas aprovar uma lei dessa ta errado!

  • Marcos disse:

    Quanto mais a imprensa medíocre e mesquinha tenta descaracterizar o Ricardo, mais ele cresce. Foi assim como prefeito e governador eleito e reeleito. Querem que ele se torne uma Marielle. Ah coitados.

  • Walmir. disse:

    ALERTTA!!!. TODA A JOÃO PESSOA E A PB SABE, QUE ESSA PRAGA CAIPIRA DO CORREIO DA PB, TRABALHA PARA OS CUNHAS LIMAS, QUE SUCATEARAM O ESTADO. NÃO ADIANTA FAZER PROPAGANDA CONTRA RICARDO, JOÃO PESSOA GANHOU TUDOOO COM ELE!!, E PERDEUUU TUDO COM OS CUNHAS LIMNMAS!!. É O “JOÃO AZEVEDO ” PARA GOVERNADOR DA PARAÍBA. NÃO VAMOS ENTREGAR UM GOVERNO SANEADO PARA OS URUBUS DOS COFRES PÚBLICOS. O CORREIO DA PB, SAIU-SE E MUITO BEM, NOS GOVERNOS DESASTROSOS DOS CUNHAS LIMAS!. JAMAISSSSSSSS A CORRUPÇÃO E O ATRASO NA PB!!. ESSA, É A VERDAEEEEE QUE TODOS SABEMMMMM!.

  • Raul Castro disse:

    É Ricardo, eu e minha família votamos em você nas eleições que você disputou para ocupar o cargo de Governador do Estado. Agora, com essas decisões equivocadas que você tomou, perdeu nossos votos. A 1ª, foi ter escanteado a Drª lÍGIA, uma mulher digna e capacitada, para sucedê-la e a 2ª, por ser defensor fervoroso de um bandido, que com sua seita criminosa, destruiu a nação brasileira, inclusive, gastando dinheiro público, para visitá-lo em Curitiba, juntamente com meia dúzia de assessores, às custas do povo pobre e sofrido de nossa Paraíba. Assim também é demais também. Fica do lado de Lula que nós ficaremos ao lado da Paraíba e do Brasil. Tchau querido.

  • Jose Ulisses de Brito Lira disse:

    Essa ação mostra muito bem o caráter desse sujeito, um déspota. Com certeza os 17 % que aprovam são os seus comissionados, gente contratada apenas para lhe bajular, e não são poucos, são mais de 30 MIL. Onde é que esse governador quer ser diferente ??? Trabalhou com dinheiro emprestado, 120 milhões emprestados em nome da CAGEPA, e o que foi feito desse dinheiro? O próximo Governador ta é ferrado pra pagar tudo isso, mais de UM BILHÕES E 300 MILHÕES.

  • José alenio disse:

    Perdeu meu voto também. Foi um tapa na cara dos paraibanos

  • Eugenio. disse:

    Perdeu meu VOTO com essa medida irresponsável a a visita dele a Curitiba com dinheiro público ao amigo LULA condenado. Acorda mago, fica fingindo lisura com a coisa pública e agindo igual aos outros. Enquanto isso o povo da Paraíba não pode mais nem ficar numa parada de ônibus diante dessa violência louca no Estado. O POVO NÃO É OTARIO.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.