Moeda: Clima: Marés:
Início Pandemia

Exonerações em Lucena têm data retroativa ao início das denúncias de erro em vacinação de crianças

Vacinação de crianças começou antes do permitido no município. SES e MPF acompanham o caso
Crianças, Lucena, Vacina, Vacinação, Vacinação de crianças,
Vacinas para crianças são diferentes (Foto: Divulgação/Pfizer)

A exoneração de Antônio Paulo Oliveira Silva e Karine Rocha Bezerra Carvalho, que ocupavam, respectivamente, os cargos de secretário municipal da Saúde e diretora de Saúde e coordenadora de imunização de Lucena, foi publicada nesta terça-feira (18), mas com data retroativa a 14 de janeiro, dia em que veio à tona o erro na vacinação de crianças contra Covid.

O desligamento de duas profissionais da UBS Estiva, de onde partiu o erro, também foi publicado com data retroativa ao início das denúncias.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) e o Ministério Público Federal (MPF) acompanham o caso. Conforme a SES, 49 crianças com idade entre 5 e 11 anos receberam dose de imunizante destinado a adolescentes e adultos. Dentro desse grupo, 36 receberam vacinas com prazo de validade vencido.

Entenda o caso

A Prefeitura de Lucena anunciou, no sábado (15), o afastamento de uma profissional de saúde do Município responsável por aplicar em crianças com menos de 11 anos vacinas contra Covid destinadas a adultos.

Os pais das crianças que receberam o imunizante errado só se deram conta do problema quando viram pela TV a notícia da chegada dos imunizantes para o público infantil, na última quinta-feira (13). “Fiquei desnorteada. Procurei o posto de saúde, mas estava fechado. Fiquei indignada, com raiva e também com muito medo”, disse uma das mães, em entrevista à TV Correio.

A diferença entre as vacinas indicadas para o público de 5 a 11 anos está na dosagem, composição e concentração de RNA mensageira. A dose infantil equivale a ⅓ da que é utilizada em adolescentes e adultos. Além disso, a cor dos frascos da vacina infantil é diferente. 

Acompanhe a cobertura do caso no Portal Correio:

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.