Início Notícias

Sem água e comida: população de JP organiza doações

Os caminhoneiros que estão parados nas rodovias paraibanas protestando contra o aumento no preço dos combustíveis já começam a sofrer algumas consequências da paralisação iniciada na segunda-feira (21). Sem comida e água, alguns temem que a manifestação se enfraqueça por conta da fome e sede.

Leia também:

Na tentativa de apoiar a categoria, a população de João Pessoa já está se preparando para arrecadar donativos e levar até os caminhoneiros. Numa campanha encabeçada pelo âncora do Correio Debate, da 98 FM Rede Correio Sat, Nilvan Ferreira, a loja Pneuzão já se prontificou a ser o ponto de coleta para as pessoas que quiserem doar. A loja fica na Avenida Pedro II, em frente ao Hospital Psiquiátrico Juliano Moreira.

Mais de 200 caminhões estão parados, somente na região de Três Lagoas, na Zona Oeste de João Pessoa, em protesto contra o preço do diesel que, segundo eles, inviabiliza o transporte de cargas.

Comentários

  • Lusiane araujo disse:

    Agora só falta a população reagir também protestar pra ser igual o preço da gasolina Paraguai que é a mesma do Brasil com reverência e sem tumulto e sem vandalismo.

  • Eduardo Santos disse:

    Agora só falta a população deixar seus carros no meio da rua e ir pra casa caminhando em apoio a paralisação dos combustíveis, afinal a gente sofre também.

  • Felipe disse:

    Os caminhoneiros e a população de João Pessoa estão de parabéns. Muito bem. Agora só falta fazer o mesmo quando o assunto for a ladroagem da politica

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.