Duas pessoas ficaram feridas e foram levadas par ao Trauma de Campina Grande (Foto: Imagem compartihada no WhatsApp)

Homem morre soterrado após silo de milho romper

José Geraldo da Silva, 46, auxiliar de produção, foi levado para a unidade hospitalar em situação grave e não resistiu

673
COMPARTILHE

Um silo estourou em uma fábrica de flocos de milho no Centro de Campina Grande, o que deixou dois funcionários da indústria soterrados, durante a manhã desta quarta-feira (8). Um deles não resistiu e acabou morrendo no hospital. O resgate das vítimas acabou congestionando o trânsito no local.

*Matéria atualizada para incluir informações sobre a morte de uma das vítimas

As duas vítimas foram levadas para o Hospital de Trauma do município. José Eugênio Alves Filho, de 51 anos, estava no momento do rompimento e acabou sendo resgatado primeiro, mas, segundo a assessoria do hospital, as lesões apresentadas foram leves.

O segundo ferido, Geraldo José da Silva, 46, auxiliar de produção, foi levado para a unidade hospitalar em situação grave. Ele acabou não resistindo e morreu durante o atendimento.

As causas do rompimento ainda deverão ser investigadas.

*Com informações de Hiran Barbosa, da Rede Correio Sat.

Acidentes com silos na PB

Outros acidentes com silos já foram registrados na Paraíba recentemente. Em setembro de 2016, dois silos romperam, de uma empresa instalada no Porto de Cabedelo, na Grande João Pessoa. Não houve feridos, mas pelo menos três bovinos teriam sido soterrados no incidente.

O caso mais grave ocorreu em fevereiro daquele ano, quando um funcionário de uma empresa instalada no Porto de Cabedelo foi achado morto em um silo, soterrado sob cinco toneladas de trigo.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas