Processo seletivo

Combustível

Manutenção

TV Correio

ministerio-das-cidades-anula-mudancas-na-renovacao-da-cnh
Imagem ilustrativa/Foto: Divulgação/Detran

Golpes envolvendo multas e venda ilegal de veículos chegam à PB

Crime consiste no envio de mensagens por meio de aplicativos de celular, partindo de um destinatário que se identifica como servidor do Detran-PB

480
COMPARTILHE

Novos golpes realizados pelas redes sociais, que envolvem o nome do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB), chegaram à Paraíba, e a Secretaria da Segurança e da Defesa Social do estado alerta a população. Os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil, a partir de registros de boletins de ocorrência verificados na 3ª Delegacia Distrital, em João Pessoa, e por meio do serviço 197 – disque denúncia.

De acordo com o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Isaías Gualberto, o golpe consiste no envio de mensagens por meio de aplicativos de celular, partindo de um destinatário que se identifica como servidor do Detran-PB, propondo a retirada de multas de trânsito e a facilitação de venda ilegal de veículos em leilão, assim como a confecção de Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

“De acordo com as investigações, há registros de golpes semelhantes nos estados de Amazonas, Amapá, Acre, Mato Grosso, Tocantins, Espírito Santo e Maranhão. É importante frisar que o Departamento de Trânsito não se utiliza desses meios e que o remetente dessa mensagem não é servidor do órgão”, explicou o delegado.

Os registros dessas ocorrências também estão sendo acompanhados pela Corregedoria Geral de Polícia da Secretaria da Segurança e da Defesa Social. Qualquer informação deve ser registrada nas delegacias de Polícia Civil ou repassada pelo disque denúncia – 197, que garante o sigilo da identidade do denunciante, com ligação gratuita.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas