Início Política

Ministra do STJ manda soltar Gilberto Carneiro

O ex-procurador-geral da Paraíba, Gilberto Carneiro da Gama, é mais um beneficiado com habeas corpus concedido pela ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A medida foi publicada nesta sexta-feira (21) no site do STJ.

Carneiro foi preso em dezembro do ano passado, junto com outros acusados, durante a sétima fase da Operação Calvário, que apura desvios de R$ 1 bilhão na saúde e na educação do Estado, supostamente cometidos na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

O ex-procurador-geral do Estado acumula acusações em denúncias formuladas pelo Ministério Público da Paraíba no âmbito da Calvário. Em 2010, Gilberto Carneiro, com auxílio de outro denunciado, Geo Luiz de Souza Fontes, ocultou e dissimulou a natureza, origem, localização, disposição de um veículo GM S10, proveniente diretamente de crime de concussão. O veículo foi obtido após Gilberto Carneiro ter exigido vantagem indevida ao proprietário de uma empresa quando ainda era procurador-geral do Município de João Pessoa.

Conforme a denúncia, o proprietário da empresa procurou Gilberto Carneiro, ao longo dos últimos oito anos, para reaver o veículo, mas o ex-procurador-geral do Estado não efetivou a devolução, enquanto ele e Geo Luiz de Souza Fontes usufruíam do bem. Ainda na Calvário, o MPPB acusa Carneiro de peculato e lavagem de dinheiro.

O irmão do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), Coriolano Coutinho, também teve liberdade concedida pela ministra Laurita Vaz, em decisão emitida nessa quinta-feira (20). Assim como Coriolano e Carneiro, a relatora da Operação Calvário no STJ mandou soltar ainda os empresários Bruno Miguel Teixeira de Avelar Pereira Caldas, Márcio Nogueira Vignoli, Hilário Ananias Queiroz Nogueira e Vladimir Neiva. Os beneficiados com a soltura deverão cumprir medidas cautelares.

Comentários

  • hMarcio ramos disse:

    como um ser humano que ganha um salario altíssimo muito acima da media pra defender o estado mata varias pessoas desviando dinheiro da saúde dai vem uma ministra que nunca passou perto de um hospital público e solta. passando uma mensagem horrível de impunidade. tipo pode desviar matar de fome sede e afins.não por acaso são acometidos de doenças que nem o sírio libanês pode salva lo. ate quando esperar a plebe ajoelhar esperando ajuda de Deus

  • Afonso disse:

    Isso é bandida igual a eles

  • gilberto silva disse:

    Está senhora está de brincadeira com o povo de bem deste estado, essa senhora deve ter levado uma bolada para soltar esses bandidos.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.