Moeda: Clima: Marés:
Início Política

Moro condena André Vargas e mais três por lavagem de dinheiro

O juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba, condenou o ex-deputado federal André Vargas a seis anos de prisão por lavagem de dinheiro. Além de Vargas, foram condenados o irmão dele, Leon Vargas, o empresário Marcelo Simões e a ex-contadora de Alberto Youssef, Meire Poza.

Na decisão, que é de sexta-feira (17), Moro diz que o grupo ocultou quase R$ 2,4 milhões oriundos de um contrato entre a Caixa Econômica Federal e a empresa IT7 Sistemas, de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

“André Vargas interviu junto à Caixa Econômica Federal utilizando sua influência política, na época era deputado federal, para que a empresa IT7, de Marcelo Simões, fosse contratada em uma licitação fraudada para fornecimento de software para o banco”, comenta Moro.

Vargas atualmente está no CPM (Complexo Médico Penal). Ele foi preso em abril de 2015, na 11ª fase da Operação Lava Jato. Essa é a terceira condenação em primeira instancia do ex-deputado na Lava Jato.

Leon Vargas também está no CPM desde fevereiro deste ano. Nesta ação, ele foi condenado a cinco anos de prisão, em regime inicial semiaberto.

Já Meire Poza foi condenada a dois anos e três meses de prisão em regime aberto.  Moro, no entanto, substituiu a pena privativa de liberdade ‘por duas penas restritivas de direito, consistentes na prestação de serviço à comunidade e em prestação pecuniária’.
Simões foi condenado a cinco anos e quatro meses de prisão, em regime inicial fechado.

Por: Thais Skodowski, do R7

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.