Moeda: Clima: Marés:
Início Eleições 2024

‘Não há veto, mas não há espera por Romero’, diz Jhony Bezerra sobre disputa em Campina Grande

"Ele pode até vir e será bem-vindo, mas projeto está sendo construído com os partidos que compõem a oposição", disse o pré-candidato pelo PSB em Campina Grande
(Foto: Reprodução)

O pré-candidato do PSB nas eleições municipais em Campina Grande, Jhony Bezerra, afirmou em entrevista ao programa Correio Debate, da Rádio Correio 98 FM (Rede Correio Sat) que não descarta receber apoio do ex-prefeito e atual deputado federal Romero Rodrigues (Podemos), porém disse que não vai aguardar uma possível aliança para o pleito deste ano.

“A oposição não conta com Romero Rodrigues nesse momento. Ele pode até vir e será bem-vindo, como qualquer liderança que queira contribuir de forma propositiva. Mas o nosso projeto está sendo construído com os 13 partidos que compõem a oposição”, ratificou o pré-candidato.

Jhony também comentou a confirmação de que o Partido dos Trabalhadores (PT) irá apoiar sua candidatura e apontou que o vice da chapa pode sair do PT ou de algum dos outros partidos que compõem o bloco de oposição ao atual prefeito, Bruno Cunha Lima (União Brasil).

“Partido extremamente importante, é o partido do Presidente da República, tem uma militância aguerrida. Estamos dialogando com Márcio Caniello, com o presidente estadual Jackson Macêdo, e há outros partidos no nosso campo, como o PDT, o PSD, PP, Republicanos, há um arco de alianças que o vice sairá desses partidos. Essas tratativas estão sendo feitas por mim, mas principalmente pelo governador João Azevêdo, que tem conduzido esse processo com os partidos aliados”, explicou.

Críticas a Bruno

Jhony também teceu críticas a Bruno Cunha Lima, afirmando que Campina está “perdendo tempo” com o atual modelo de gestão.

“O campinense já entendeu que não cabe mais essa guerra ideológica, partidária, essa ‘rivalidade’ que o governo de João Pessoa não faz por Campina Grande. A gente está perdendo investimentos estruturantes. O prefeito teve que fazer empréstimo para fazer reforma do Parque do Povo. A gente poderia estar fazendo muito mais obras de infraestrutura com o apoio do Governo do Estado, que já mostrou solidez fiscal, tem recursos para investir em Campina Grande”, disse.

Receba todas as notícias do Portal Correio no WhatsApp

publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.