Início Notícias

‘Perdão’, diz 2º suspeito de matar gerente de posto

A polícia da Paraíba prendeu, nesta quinta-feira (31), o segundo suspeito de assassinar o gerente de um posto de combustíveis no último sábado (26), no bairro de Manaíra, em João Pessoa. Em entrevista à TV Correio, inicialmente o suspeito negou ter praticado o crime, mas depois chegou a pedir perdão à família da vítima. “Peço perdão pelo que aconteceu, não foi planejado”, disse.

No momento do crime, o estabelecimento registrava uma enorme fila de carros para abastecimento, por conta da greve dos caminhoneiros. O outro suspeito foi preso no mesmo dia após ter sido agredido pela população. Ele recebeu os primeiros socorros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e depois levado para o hospital.

De acordo com o delegado Wagner Dorta, o suspeito estava escondido em uma residência do Colinas do Sul, na Zona Sul da Capital. O delegado disse que o suspeito vinha praticado crimes no bairro e teria atirado no gerente.

Comentários

  • Neilson disse:

    Será que ninguém dos direitos humanos já perderam familiares para o crime? Não que deseje, mas essa proteção a bandidagem é demais.

  • Kiko Verber disse:

    Não dou 5 anos p esse miserável estar nas ruas de novo. Nojo da justiça brasileira.

  • Pirueta disse:

    Neste país os criminosos saem ganhando. A família do gerente perdeu o ente querido e o salário mensal dele. A família do miserável vai receber o auxílio reclusão e ele fazendo três refeições diárias por conta de nós que pagamos.

  • renata disse:

    Muito interessante esse site. Parabéns pelo trabalho

  • Ana Cristina da Nóbrega disse:

    Tudo bem que um redator ” não pode errar”, mas, mesmo que a pontuação estivesse correta, a dor continuaria.Ao meu ver, doeu mais quando foi colocada a exclamação.
    Que país é esse? É muito fácil matar, e, depois , pedir perdão.

  • ac disse:

    vai passar uma chuva na cadeia comendo, dormindo e batendo bola, será assistido pela pastoral ds presídios, terá prioridade em hospitais públicos e a defesa intransigente dos direitos humanos,a família da vítima será esquecida e a vítima virará estatística e será esquecida, como sempre nesse país desmoralizado.

  • Sérgio Toledo disse:

    Até Zarinha tá por aqui.

  • Paulo Henrique disse:

    Não se preocupe o Direitos humanos está ai para lhe defender..nojo das leis desse País.

  • TARCIZIO DE ALENCAR JUNIOR disse:

    “Perdão, não foi planejado”, está errado!

    O correto: – Perdão! Não foi planejado.

  • TARCIZIO DE ALENCAR JUNIOR disse:

    Fiz uma crítica ao redator, por não saber pontuar a manchete e aí, eles não publicaram!!!

    Democracia!!!

  • Juruna disse:

    Perdão o que cabra safado. Tu vai conseguir direitinho teu perdão no presídio. Escória miserável. Tu vai ter um grande futuro na cadeia…e vai ter vários coleguinhas de classe que vão dar o teu perdão.

  • Ricardo disse:

    Destruiu um lar e deixou família, incluindo esposa e filhos arrasados.
    Uma monstruosidade!

  • Vicente disse:

    Faz o mesmo com ele! Vamos dar um tiro nele e depois que ele morrer pediremos perdão!
    Pena de morte para esse criminoso!

  • Julien1 disse:

    coloca ele pra dormir em pé no presidio…será perfeito

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.