Início Legislativo

Vereador de João Pessoa mostra arma e Bíblia ao rebater críticas a Bolsonaro em sessão virtual

Em nota ao Portal Correio, Câmara esclareceu que "não compactua com qualquer gesto que faça apologia à violência"

O vereador de João Pessoa Tarcísio Jardim (Patriota) mostrou um revólver e uma Bíblia em debate na sessão virtual da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), nesta quinta-feira (6). As informações são do jornalista Écliton Monteiro, da Rede Correio Sat, em seu blog.

No momento, ele rebatia críticas feitas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Policial e professor de tiro, Tarcísio Jardim argumentou que um “homem de bem armado é o temor do homem ruim”.

“Chama o presidente de genocida e defende um ladrão”, disse Tarcisio, rebatendo críticas do verador Junio Leandro (PDT) a Bolsonaro.

Em nota ao Portal Correio, a Câmara Municipal de João Pessoa esclareceu que “não compactua com qualquer gesto que faça apologia à violência”.

“Sobre o episódio ocorrido nesta quinta-feira (6), em sessão remota, convém informar que o vereador Tarcísio Jardim não fez ameaças a qualquer pessoa durante seu discurso. Enquanto rebatia críticas de que os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro usam uma Bíblia de dia e uma arma à noite, ele exibiu, de casa, uma arma e uma Bíblia para dizer que os dois são apenas instrumentos e que as críticas ou responsabilizações devem ocorrer em caso de mau uso”, disse o presidente da Casa, Dinho Dowsley (Avante).

Após a fala do vereador, o presidente a Câmara pediu para que os ânimos fossem acalmados e deixou claro que a posição de todos os membros do Legislativo tem sido “majoritariamente de defesa do debate justo e pacífico”.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.