Início Legislativo

Wilson Santiago e mais cinco pedem saída de Jefferson do PTB

Santiago foi afastado por Jefferson da presidência da legenda na Paraíba por não votar projetos do Governo Bolsonaro

Cinco deputados federais e um deputado estadual do PTB ingressaram no Tribunal de Justiça do Distrito Federal com pedido de afastamento de Roberto Jefferson, da presidência do partido. As informações são da jornalista da Rede Correio Sat, Sony Lacerda, em seu blog.

Pedem ainda a saída de toda a direção nacional da sigla. Com a prisão de Jefferson, quem está no comando da legenda é a vice-presidente Graciela Niemov.

A ação é assinada pelos deputados federais Wilson Santiago (PTB-PB), Nivaldo Albuquerque (PTB-AL), Pedro Geromel (PTB-CE), Emanuel Pinheiro (PTB-MT) e José Costa (PTB-PA), além do estadual Antônio Albuquerque (PTB-AL).

Santiago foi afastado por Jefferson da presidência da legenda na Paraíba por não votar projetos do Governo Bolsonaro. Em seu lugar, assumiu o comunicador Nilvan Ferreira.

O motivo, segundo eles, são os ataques do ex-deputado ao Supremo Tribunal Federal e o alegado uso indevido do fundo partidário. Jefferson está preso em Bangu 8, no Rio de Janeiro, desde agosto, após ter seu pedido de prisão autorizado por Alexandre de Moraes.

No pedido, os deputados acusam Jefferson de ter transformado a sigla em um “feudo pessoal” e fazer uso de canais oficiais de comunicação do partido como “instrumento de agressão, de propagação de discurso de ódio e de ruptura ao Estado Democrático de Direito”.

Em seguida, eles pedem que a Justiça afaste com urgência o ex-deputado da chefia da sigla, tendo em vista o “indubitável perigo de dano que agravaria ainda mais os prejuízos irreparáveis já sofridos pelo partido”.

Palavras Chave

Legislativo
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.