Moeda: Clima: Marés:
Início Legislativo

Comissão aprova ‘fundão’ de R$ 5,7 bi para campanha eleitoral

Deputados tiraram recursos da verba da Justiça Eleitoral (25%) para financiar o financiamento
Comissão Mista do Orçamento na Câmara (Foto: Divulgação/Câmara Federal)

A Comissão Mista do Orçamento aprovou o aumento de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões das verbas destinadas ao fundo que abastece campanhas políticas, o Fundo Especial de Funcionamento de Campanha. Os deputados tiraram recursos da verba da Justiça Eleitoral (25%) para financiar o financiamento. As informações são do blog da jornalista Sony Lacerda, da Rede Correio Sat.

A Câmara dos Deputados aprovou há pouco, por 278 a 145, a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022. O destaque que aumenta o financiamento de campanha será votado ainda nesta quinta-feira (15).

Ano passado, o Congresso tentou aumentar o valor para R$ 3,2 bilhões. Devido à divergências, chegou ao valor de R$ 2 bilhões. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), à época, afirmou que o valor era o que o orçamento permitiria dispor..

“Petistas e bolsonaristas fecharam acordo na Comissão de Orçamento para que não houvesse votação nominal, ou seja, o aumento do Fundão passou por primeira votação sem que nos pudéssemos saber quem votou. Ajudem a denunciar esse escárnio!”, denunciou o deputado democrata Kim Kataguiri, no Twitter.

A aprovação passou despercebida já que a atenção está centrada para a Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19, no Senado, e que tem mexido com as duas Casas legislativas.

Deputados e senadores só poderão entrar em recesso parlamentar do meio do ano se aprovarem a LDO 2022.

Comentários

Nilson disse:

É o que demais deprimente o que estes deputados e senadores fizeram, aprovar de 2 bilhões para 5,7 bilhões aumento do fundão partidário, isto é um escárnio, o povo q paga imposto e vota neste deputados/senadores canalhas, com exclusão aqueles q não votaram. O cidadão de cada estado devem acompanhar quem foi estes canalhas desumano q está com mandato parlamentar com o nosso voto e ainda tem a cara de pau de nos humilhar. Mas o mal q nos fizeste há de pagar bem Pago. Demônios dos infernos. Resta-nos o STF anular ou o PR vetar.

Wander Marino Viana disse:

Esse Brasil é uma vergonha

Jurandir Santos de jesus disse:

Isso é uma vergonha,descabivel,sou comerciante sofro pra pagar meus funcionários e meus impostos,,alguém tem q fazer alguma coisa isso é um tapa na cara dos brasileiros,pelo,amor de Deus os senhores não acha q já ganha um absurdo…..aki indignado.

COSME LUCIO DA SILVA disse:

São 200.000.000 de brasileiros, sendo dilapidados por 513 canalhas. Dinheiro que em tempos de saúde pública precária com milhares de mortos, estará sendo desviado para a m. dos “santinhos”, carros de som e outras poluições que o brasileiro é obrigado a aguentar em época de eleições. Sem contar os milhões que são desviados para apartamentos, malas e cuecas da vida. E o pior enfiaram quela abaixo do povo, na covardia como uma emenda na LDO. É de se lamentar, essa notícia.

Áurea Regina Silva Lobato disse:

Caros Senadores votem Não. Isto é uma vergonha.

Elisabete disse:

Tenham vergonha na cara seus deputados!!!

Elisabete disse:

Tenham vergonha na cara seus deputados!!! Não, não!!!!!!

Cezar disse:

Dá pra ver o tamanho da preocupação com os mais de 500 mil mortos pela Covid-19.
Por que não doam parte desse maldito dinheiro para ajudar as famílias necessitadas?
Parabéns pelo descaso com o povo brasileiro.

Maria do Socorro Domingos disse:

FOME INSACIÁVEL

Diante de uma situação caótica, advinda dessa devastadora pandemia, diante das mortes, da fome, do sofrimento, da falta de teto, da ausência de condições de uma vida digna para uma grande parcela de nossos irmãos, a Comissão Mista do Orçamento – Congresso Nacional, aumenta para 5,7 bilhões, o Fundo Eleitoral.
Que tristeza!
Que Brasil deixaremos para os nossos descendentes?!

Argeu disse:

Vergonha Nacional, bando de canalhas podres. E para piorar ainda mais votaram não nominalmente para que nós não saibamos quem são as maças podres.

MARCOS ANTONIO TRAUSI disse:

Vergonha vergonha vergonha

Isaias da silva disse:

Uma vergonha é esse deputados e senadores .Já não basta o salario verba de gabinete para um monte de assecores e muitas outras mordomias.
Infelizmente o BRASIL não tem jeito

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.