Início Política

‘Doa a quem doer’, diz conselheiro do TCE sobre investigações da Calvário

O presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), conselheiro Arnóbio Alves Viana, divulgou nota nesta segunda-feira (6) para defender o andamento das investigações da Operação Calvário. A esposa dele, Georgiana Cruz, é citada em trecho da delação da ex-secretária de Estado, Livânia Farias, como responsável por distribuir R$ 50 mil em propina no TCE para que auditores fiscais resolvessem as contas do ex-governador Ricardo Coutinho.

No texto, ele diz que os responsáveis por irregularidades devem ser punidos e que as investigações devem seguir ocorrendo “doa a quem doer”.

“[Reitero] total e irrestrito apoio às investigações em curso, pugnando pela celeridade e efetiva punição a todos quantos tenham praticado delitos em desfavor da sociedade paraibana, doa a quem doer”, afirmou.

Na mesma nota, Viana defende o TCE-PB. Dois conselheiros do Tribunal foram suspensos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspeitos na Operação Calvário. “Ao mesmo tempo, renovo a confiança na isenção, lisura e excelência dos trabalhos executados pelo diligente corpo de Auditores do TCE-PB”.

A nota de Arnóbio Viana chega um dia depois de novos trechos da delação da ex-secretária de Estado, Livânia Farias, serem divulgados. Na delação, Livânia cita oito deputados, sendo dois federais e seis estaduais como participantes do esquema de corrupção que desviou R$ 1 bilhão da saúde pública da Paraíba.

Leia também:

Comentários

  • Jonildo disse:

    Um sistema brasileiro permitem as fraudes e as autrocidades das pessoss sem compromissos com o povo de DEUS

  • Marcio ramos disse:

    enquanto estes cargos forem preenchidos por indicação política, vamos continuar sangrando. quem em sã consciência acredita que um conselheiro, um ministro do TCU ou o q quer que seja ira ser imparcial muitas das vezes julgando quem o indicou ou um apadrinhado seu. até quando esperar a plebe ajoelhar esperando ajuda de Deus

  • Luiz Conserva disse:

    Lógico que ele defende os conselheiros se não ele fica em maus lençois com a esposa. Ele não diz nem que sim nem que não sobre a esposa ter recebido cinquentinha mil para auditores do Tribunal faz de C
    onta

  • rubens figueiredo disse:

    As vezes ficamos em dúvida por que algumas pessoas, exercendo uma profissão comum a muitos, ficam importantes e enriquecem rapidamente enquanto outros trabalham de sol a sol e muitas vezes não conseguem quase nada, apenas sobreviver, chegamos a questionar nossa inteligência e sabedoria. A explicação: esses últimos são honestos, claro que têm raríssimas exceções.

  • rubens figueiredo disse:

    Parece que as instituições estão contaminadas de verdade. As investigações, caso sejam “permitidas” vai esclarecer tudo, mas, convenhamos, onde há fumaça há fogo! Alguns figurões assumem altos cargos e fazem dele sua propriedade, até as esposas se acham donas do “pedaço”.

  • Ronaldo disse:

    Podia ter ficado calado , sairia melhor na foto. Toda Paraíba sabe para que deve esse suposto tribunal, isso vem de décadas, só para encobrir podruras dos companheiros, e da empregos sem concursos a seus apadrinhados.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.