Início Política

Gervásio nega ‘racha’ no PSB após impasse de PEC

Deputado federal eleito com quase 150 mil votos, atual deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Gervásio Maia (PSB) negou um possível ‘racha’ no partido após a polêmica envolvendo a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que estabelece o fim da reeleição e a antecipação da eleição para a Mesa Diretora da Casa, em entrevista ao programa Correio Debate, da 98FM, nesta quinta-feira (22).

“O partido não pode rachar. Ele é grande, tem representatividade. Muitos pensam de uma forma e outros de outra. No fim, o que resta é o bom senso e maturidade. Não existe racha. Tudo serviu para consolidar o PSB. O partido está cada vez mais forte. Fiquem tranquilos e certos de que o partido está bem e unido para que a casa tenha uma boa representação”, afirmou Gervásio Maia Filho.

Parecer da PEC

Gervásio disse que o parecer da Procuradoria sobre a PEC sai nesta sexta (23) ou na segunda (26), e que foi isento e pautado no que prevê o regimento.

“O parecer se pautou no regimento. Nós estamos concluindo o mandato e a gente sempre preservou muito o regimento. Desde o instante que Adriano sentou na cadeira de presidente e eu sucedi, fizemos o trabalho nessa linha. O parecer dado é esse. Fazer tudo pelo regimento”, garantiu.

Gervásio x Ricardo Barbosa

O deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB) usou, na última terça-feira (20), a tribuna da Assembleia Legislativa (ALPB) para se desculpar com o presidente da Casa, deputado Gervásio Filho (PSB), pelas críticas feitas no início do mês em torno da polêmica da PEC.

Na entrevista desta quinta (22), Gervásio amenizou o clima e disse ter um apreço por Ricardo. “Eu procuro conviver bem com todos. Com o tempo começamos a conhecer os defeitos e as virtudes de outra pessoa. Eu olho para as virtudes dele para que a gente possa seguir adiante no projeto do nosso partido. Tenho um apreço muito grande e vamos seguindo no mesmo sentimento”.

Aliança com o PT

“A aliança com o PT deu certo. Nós estávamos muito determinados quando decidimos apoiar Haddad para presidente e Luiz Couto para o senado. Votamos nos dois com muita honra. Votaria novamente”, afirmou o deputado federal eleito.

Governo João Azevêdo

Questionado sobre o seu papel no governo de João Azevêdo, Gervásio disse estar tranquilo. “O que eu tenho pela frente é compromisso. Não tenho o que cobrar nem o que pedir. Chegou a hora de contribuir. João tem que estar muito a vontade pra definir tudo”.

Governo Bolsonaro

Em relação a Brasília, Gervásio Maia Filho disse que seu papel é fazer oposição. “Nosso caminho é o da oposição com responsabilidade. Espero que o grupo de Bolsonaro faça diferente do governo de Michel Temer e trate a Paraíba com prioridade. Eu serei o suporte necessário para João Azevedo, para ele continuar o grande trabalho de Ricardo. Será um grande desafio”, concluiu.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.