Moeda: Clima: Marés:
Início Justiça

Idoso que foi preso injustamente processa governos da Paraíba e de Alagoas e pede indenização de R$ 200 mil

Ricardo José Santos da Silva foi preso em outubro, no lugar de José Ricardo da Silva Santos, de Alagoas
Ricardo José ficou preso por três dias (Foto: Reprodução/TV Correio)

O aposentado Ricardo José Santos da Silva, que foi preso injustamente no mês de outubro em João Pessoa, moveu ação contra os Estados da Paraíba e de Alagoas, de onde partiu a ordem judicial equivocada. O processo pede R$ 200 mil de indenização, devido aos danos emocionais e financeiros gerados pelo erro.

“A situação mais humilhante que eu já vivi foi me chamarem de assassino sem eu ser. Me algemaram na frente dos vizinhos, que eu conheço há 18 anos”, recorda o idoso, em entrevista à TV Correio.

Mesmo com a situação já esclarecida, o aposentado ainda se sente inseguro em relação à polícia e à justiça.

“Meus dias tem sido muito ruins. Fico sem dormir, a noite todinha acordado pensando o que não devo. Mesmo tomando remédio, não consigo dormir. Tenho que fazer tratamento com psiquiatra e psicólogo. Fico sem confiar mais na polícia e na Justiça.

Andréia Silva, filha de Ricardo José, contou que ele ficou traumatizado após os três dias de prisão. “No começo, ele não queria sair do quarto. Não queria ir pra lugar algum, ficou com medo. Precisou tomar remédios. Como ele já tem histórico de depressão, piorou bastante”, revelou.

A prisão injusta do aposentado impactou toda a família, não só emocionalmente, como financeiramente. “Tiramos dinheiro de onde não tinha para poder pagar advogado”, conta Andréia Silva, que até hoje se emociona ao falar da prisão do pai.

Relembre o caso

Ricardo José Santos da Silva foi preso no dia 19 de outubro, no lugar de José Ricardo da Silva Santos, acusado de homicídio pela Justiça do Estado de Alagoas. Na carceragem da Central de Polícia Civil, ele chegou a passar mal. A justiça alagoana reconheceu o erro de digitação no mandado de prisão, mas a ordem de soltura do inocente só saiu no dia 22.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.