Moeda: Clima: Marés:
Início Política

MPF pede que STF derrube liminares e que Ricardo Coutinho volte à prisão

A Procuradoria-Geral da República, através do vice-procurador-geral eleitoral Humberto Jacques de Medeiros, protocolou petição junto ao Supremo Tribunal Federal requerendo a suspensão de liminar concedida pelo ministro Napoleão Nunes, do Superior Tribunal de Justiça, ao ex-governador Ricardo Coutinho, dentro dos autos do Habeas Corpus impetrado pela defesa do socialista. A suspensão de liminar é extensiva à ex-secretária Cláudia Veras, ao advogado Francisco das Chagas, ao empresário David Clemente e à prefeita de Conde, Márcia Lucena, também beneficiados pelas liminares concedidas pelo mesmo ministro. A petição foi protocolada neste sábado (28).

Ricardo Coutinho, segundo o Gaeco, seria o comandante de uma organização criminosa, que teria desviado recursos das áreas de Saúde e Educação. Os integrantes teriam recebido propinas milionárias, através de Organizações Sociais (OS), que geriam os principais hospitais do Estado, entre eles, o Hospital de Emergência e Trauma e o Hospital Metropolitano de Santa Rita, além do Hospital Geral de Mamanguape. Fala-se em prejuízo de R$ 134 milhões aos cofres do Estado.

Os cinco incluídos nessa petição foram presos preventivamente na 7ª fase da Operação Calvário ‘Juízo Final’, junto com mais 12 pessoas, deflagrada no dia 17 deste mês. Os pedidos de prisão foram feitos pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba, e autorizadas pelo desembargador Ricardo Vital, do Tribunal de Justiça da Paraíba. As liminares foram concedidas em plantão judiciário, pelo ministro Napoleão Nunes e esses cinco acabaram soltos no dia 21.

O órgão solicita “apreciação em regime de urgência (Regimento Interno do STF, art. 13, VIII6) para prolação de decisão com o fim especial de proteção a ordem pública violada por essas liminares, com profundas repercussões no Estado da Paraíba, abalado pela revelação na “Operação Calvário” do apoderamento do governo por organização criminosa”.

Detidos

Em que pese que as outras 12 pessoas impetraram pedidos de Habeas Corpus com liminar, mas não foram ‘beneficiados’. Entre os ainda presos, estão o ex-procurador Geral do Estado Gilberto Carneiro, o irmão do ex-governador Coriolano Coutinho e o ex-secretário Waldson Sousa. Os três aliados de última hora de Ricardo.

Eles tiveram a liminar negada pela ministra Maria Thereza, que também estava no plantão judiciário. A relatora de todos os Habeas Corpus, que só devem ser julgados pelo Pleno do STJ no início de fevereiro, é a ministra Laurita Vaz.

Comentários

Ari de brito disse:

A Paraíba está de luto pois, a SAÚDE e a EDUCAÇÃO, não existem mais dinheiro para mantêr-los funcionando pois a sequência dos desgovernos saquearam tudo.E os mesmos continuam soltos cadê a justiça desse país.

Noyrton disse:

Foi um dos melhores gestores da Paraíba ! Igualzinho a Lula ! Em seu primeiro mandato aconselhado por José Alencar Lula nos mostrou que é possível vivermos em um Brasil melhor ! Infelizmente pobre não pode ver dinheiro e rico muito menos ! Pedimos as autoridades que façam suas obrigações que é fazer cumprir as leis . Somos todos corruptos se um Brasileiro começar um protesto com emoção e ódio suficiente estaremos perto de uma união coletiva ! Pois o que fazem buscam promoções !

Ivanildo Pereira disse:

Todos sao Iguais perante a Lei.
Qual terá sido o Desgraçado do Constituinte que inseriu isto na Constituição? “Lula Cachaceiro, Devolve Meu Dinheiro”…

Maria Concurseira disse:

Eu estudo feito uma danada noite e dia, dia e noite e sempre que posso fazendo concurso em que tudo que é canto pra vencer na vida de forma digna cumprindo os 10 Mandamentos da Lei de Deus, notadamente o 8º (Não furtarás) e aí nada consigo. E esses caras ferem de morte os Mandamentos e as Leis do País e têm de tudo: de advogados pagos com o dinheiro do povo pra defendê-los chaleiras hipócritas para adularem cinicamente aos larápios frios e calculistas, responsáveis por alguns milhares de mortes de crianças e adultos por falta de remédios ou medicamentos e até de médicos para atendê-los em Hospitais e em urgência bem como sem se esquecer da grande ou enorme evasão de alunos pobres nas escolas do estado, inclusive por falta de merendas para os nutrirem. É de lascar o cano. E ainda se percebe que alguns dos assassinos em massa, perambulando, palitando os dentes, soltos e se rogando de inocentes. Se fosse essa patifaria perpetrada nos USA, na China, Indonésia, Rússia, Arábia Saudita, Iran, etc, etc, esses ladrões brasileiros do dinheiro público ou pegariam ou pena de morte por fuzilamento , enforcamento ou prisão perpétua.

Carlinhos Alves disse:

A Paraíba sente na pele o que esse marginal fez, estamos vivendo um caos: não existe saúde adequada, não existe educação de qualidade, não existe segurança suficiente.

Todavia, vale salientar que os beneficiários tem os melhores advogados, a segurança do Estado, os privilégios de um rei e a prepotência de um ditador.

Seguimos um rumo sem volta, a era esquerdopata assumiu o comando da nossa querida Paraíba.

Rezem e orem, dias piores virão, sem previsão de melhora!!!

Ministério publico não vê diversas licitações fraudulentas, valores totalmente cogitáveis, o poder judiciário 95% foi comprado, não temos fé na Justiça, a quem recorremos?

TCE vendido!, funcionários pagos pela população, fazendo mal a própria população, não fiscalizando, barganhando seus trocados pra manter seus luxos e dos seus familiares.

Vergonha!!!

Não adiantar ser rico por fora e ser podre por dentro!

Fica minha revolta com esses marginais enrustidos em pele de vira-lata!

Desculpe o vira-lata, não tem nada haver com isso.

Sergio Moreira disse:

A casa literalmente caiu para o girassol coletivo.

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.