Moeda: Clima: Marés:
Início Política

Romero judicializa decreto de João Azevêdo

Um dia após o governador João Azevêdo (Cidadania) publicar decreto em que limita os horários de bares e restaurantes, nos dias 24, 25 e 31 dezembro e 01 de janeiro, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), decidiu entrar na Justiça contra as novas restrições impostas pelo decreto estadual 40.930/2020. O funcionamento fica proibido após às 15h, sendo liberado delivery e busca no balcão. As informações estão no blog da jornalista Sony Lacerda, da Rede Correio SAT.

Leia também: Novo decreto estadual muda horários de bares e restaurantes

“No âmbito de Campina Grande, consideramos o decreto totalmente injustificável e desproporcional, por conta dos números e resultados que o Município apresenta neste momento em relação à Covid-19”, destacou Romero, revelando que a taxa local de transmissibilidade da doença é menor do que a registrada há dois meses.

A decisão de judicializar o decreto estadual veio após reunião técnica, nesta terça-feira (22), com o secretário de Saúde da cidade, Filipe Reul, e o procurador-geral do Município, José Fernandes Mariz.

Sob controle

Romero lembra que Campina Grande está padronizada como bandeira amarela pela própria Secretaria de Saúde do Estado, desde o dia 28 de agosto. Ele não vê sentido, por exemplo, que a cidade receba o mesmo tratamento legal dado a outras áreas com situação crítica, como a região metropolitana de João Pessoa ou o Sertão.

O prefeito campinense ressaltou, ainda, que o setor de restaurantes, bares e similares de Campina Grande foi pego de surpresa com a publicação do decreto. “O segmento se preparou, adquiriu insumos, se organizou em relação aos protocolos e está sujeito a todo tipo de fiscalização”, observa Romero Rodrigues.

Comentários

JUCIANO disse:

nao se pensou em covid no mes das eleiçoes

Naldo disse:

Ta faltando bom senso do Governador . As bandeiras foram criadas por ele mesmo para cada um seguir a regra adequada e não impor numa canetada a mesma regra p todos

Alberto+Cordeiro disse:

Procura pensar nas pessoas Sr. Romero quando se sabe que a COVID voltou a aumentar no Brasil novamente e só com restrições o povo fica em casa. Pare de pensar em sua projeção política e se preocupe em cuidar melhor do povo de Campina Grande. O João está certo em suas medidas.

José Diniz disse:

Apoiado!!

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.