Início Legislativo

Corpo de José Maranhão é levado de João Pessoa para Araruna

O velório na cidade natal do senador se estenderá pela madrugada e enterro está programado para as 10h desta quarta-feira (10)
Velório Maranhão
Corpo sendo levado pela Guarda da Polícia Militar para o Palácio da Redenção (Foto: Nayane Rodrigues/Assessoria Chió)

O corpo do senador José Maranhão foi velado até às 18h desta terça-feira (9), no Palácio da Redenção, em João Pessoa, e foi levado em carro aberto pelo Corpo de Bombeiros até a casa onde ele morava, no bairro Altiplano, para um momento de últimas homenagens da família e amigos. De lá, o corpo seguirá para a cidade natal do senador, Araruna. O velório deve se estender pela madrugada e o enterro está programado para as 10h desta quarta-feira (10).

A chegada do corpo de Maranhão à Paraíba aconteceu por volta das 14h45 desta terça-feira (9) ao Aeroporto Internacional Castro Pinto, em Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa. O caixão foi retirado do avião da Força Aérea Brasileira, que o trouxe de São Paulo, e colocado em um carro do Corpo de Bombeiros. Militares levaram o caixão até o hangar do Governo do Estado, com homenagem da banda da Guarda de Honra da Polícia Militar e sob muitos aplausos.

Estiveram presentes na cerimônia familiares, amigos e autoridades, como o governador da Paraíba, João Azevêdo, o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, além do Arcebispo da Paraíba, Dom Frei Manoel Delson.

Após um momento de oração organizado pela família do senador, o corpo foi levado em cortejo para o Palácio da Redenção, onde ocorre um velório aberto ao público.

Foto: Nayane Rodrigues/Assessoria Chió
Chegada do cortejo ao Palácio da Redenção (Imagens: Nayane Rodrigues/Assessoria Chió)
Movimentação dentro do Palácio da Redenção, em João Pessoa, durante velório de Maranhão (Foto: Saimon Cavalcanti/TV Correio)

Depois, o corpo de José Maranhão seguiu para a casa da família no bairro do Altiplano, em João Pessoa. Vizinhos, familiares, padre e colegas da paróquia puderam prestar uma última homenagem ao político.

Em seguida, o corpo de José Maranhão será levado para a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, em Araruna, sua terra natal. Lá, haverá velório durante a noite e uma missa de corpo presente. O enterro de José Maranhão está previsto para as 10h desta quarta-feira (10).

Morte após mais de 70 dias internado

O senador morreu na noite desta segunda-feira (8), aos 87 anos, vítima de Covid-19. Ele estava internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, há pouco mais de 70 dias.

Maranhão foi diagnosticado com Covid-19 no dia 29 de novembro. Ele chegou a votar no 2º turno das Eleições Municipais, mas horas depois apresentou sintomas de infecção pelo novo coronavírus, como febre e tosse persistente. O senador foi levado no mesmo dia para o Hospital Alberto Urquiza Wanderley (Unimed), onde fez teste para a Covid-19 e recebeu resultado positivo.

José Maranhão foi, então, internado, como precaução. Na ocasião, a assessoria do senador chegou a divulgar que ele estava tranquilo e bem. No entanto, no dia 3 de dezembro, ele sofreu uma piora no quadro de saúde e a família optou por transferi-lo para São Paulo. No Hospital Vila Nova Star, José Maranhão foi diagnosticado com insuficiência respiratória e intubado. O senador passou alguns dias respirando com ajuda de aparelhos.

Na segunda quinzena de dezembro, José Maranhão apresentou melhora e a ventilação mecânica foi retirada. Apesar disso, ele seguiu na UTI, sem previsão de alta, até o surgimento da nova complicação.

José Maranhão deixa esposa, a desembargadora Fátima Bezerra, e três filhos, Maria Alice, Leônidas e Letícia Maranhão.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.