Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

‘Caso Geo’ e Operação Calvário: os destaques da semana

O caso de violência sexual contra crianças cometidos por alunos e um ex-funcionário do Geo Tambaú, a deflagração da terceira fase da Operação Calvário e a nova turnê ‘Nossa História’, anunciada pela dupla Sandy & Junior, além do tiroteio em uma escola de Suzano, em São Paulo, foram os assuntos mais importantes da semana entre a segunda-feira (11) e a sexta-feira (15) veiculados pelo Portal Correio.

Confira abaixo um resumo do que virou notícia:

Segunda-feira (11)

• Estupro no Geo Tambaú

Adolescentes são suspeitos de estuprar criança em escola

A semana começou com um caso que chocou toda a Paraíba. Pelo menos três crianças teriam sido vítimas de estupros cometidos por quatro adolescentes, dentro do banheiro colégio Geo Tambaú, escola particular de João Pessoa. Vítima e suspeitos estudavam na mesma escola e os abusos, descobertos pelos pais da criança, aconteceram por diversas vezes. No desenrolar do caso, um quinto suspeito foi identificado: um ex-funcionário, zelador na época.

Estupro de aluno em escola era investigado desde maio de 2018

Ainda na segunda (11), a delegada Roberta Neiva informou que o estupro foi descoberto em maio de 2018 e vinha sendo investigado desde então. Inicialmente, três adolescentes foram apontados como suspeitos do crime e apreendidos em uma ação da Polícia Civil. Porém, conforme a delegada Roberta Neiva, um quarto adolescente também é suspeito no caso e é procurado pela polícia.

• Paraíba volta a receber águas da Transposição do São Francisco

A Paraíba voltou a receber águas da Transposição do Rio São Francisco. Segundo o presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), Porfírio Loureiro, a vazão foi retomada no último dia 8 de março, em 4,65 m³/s. “O valor é maior do que os aplicados outras vezes, mas não temos expectativa de que siga assim por muito tempo. Normalmente ele é reduzido com o passar dos dias”, disse.

Terça-feira (12)

• Estupro no Geo Tambaú

Delegada explica como ocorriam estupros em escola particular

Na terça-feira (12), a delegada Joana D’Arc, da Polícia Civil, explicou como ocorriam os estupros na escola. As vítimas teriam todas idades entre 8 e 10 anos. Duas delas já estão com a investigação concluída; outras duas ainda estão sob apuração das autoridades.

Os adolescentes praticavam os abusos normalmente em duplas e no horário das aulas. Eles pediam para ir ao banheiro em horários marcados e o caso só começou a ser descoberto a partir de uma professora que enviou comunicado aos pais de um aluno sobre essas idas constantes ao sanitário.

Promotor vai apurar suposta negligência de escola após estupros

O 50º promotor de Justiça de João Pessoa, Luis Nicomedes de Figueiredo Neto, informou, também na terça (12), que vai instaurar um inquérito civil público para averiguar eventual negligência do Colégio Geo, no exercício do dever de guarda e vigilância de seus alunos.

O representante do Ministério Público disse que o procedimento visa, exclusivamente, apurar se haviam mecanismos de proteção e fiscalização, por parte da escola, em relação aos seus alunos, e, especificamente, a partir do momento em que soube do caso, que medidas teriam sido adotadas para evitar a prática de violência no interior da unidade.

Colégio se pronuncia sobre supostos casos de estupro

Na noite da terça (12), o Colégio Geo Tambaú emitiu uma nota oficial sobre o caso. A direção da escola se mostra indignada com o episódio e explica que não pôde se manifestar publicamente antes em função das investigações ocorrerem em segredo de Justiça, o que, de acordo com o texto, impedia até o acesso às informações da investigação.

Após comentar detalhes do caso, a diretoria do GEO afirma que confia no trabalho da Justiça e espera “que ao final do processo todos os culpados sejam exemplarmente punidos”.

• Polícia prende dois suspeitos de matar Marielle Franco e Anderson Gomes

Uma operação conjunta do Ministério Público e da Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu na madrugada da terça-feira (12) dois suspeitos de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes em 14 de março de 2018. Ronie Lessa é policial militar reformado e Elcio Vieira de Queiroz foi expulso da Polícia Militar.

Instalação de novas lombadas eletrônicas vai ser reavaliada

A instalação das novas lombadas eletrônicas nas rodovias federais da Paraíba vai passar por uma reavaliação para saber a real necessidade dos equipamentos nos locais onde eles serão instalados. A informação foi confirmada por meio de nota da assessoria de comunicação da Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes na Paraíba (DNIT-PB).

Quarta-feira (13)

• Estupro no Geo Tambaú

Promotora rebate suspeitos: ‘Vítimas não inventariam’

Durante a quarta-feira (13), ainda sobre o caso do estupro, a promotora da Infância Infracional, Ivete Arruda, que acompanha as investigações, contou, ao Jornal CORREIO, que os adolescentes suspeitos negam os atos, mas foi taxativa: “as vítimas não criariam algo com tantos detalhes e com tanta assertividade”.

Pais listam exigências para escola com registro de estupros

Os pais de alunos do colégio, então, listaram uma série de exigências para garantir a segurança de seus filhos no local. No documento, eles alertam que o não cumprimento dos pedidos os levará a acionar o Ministério Público Estadual (MPPB). São seis exigências, que foram entregues à direção da unidade.

Juiz mantém em liberdade ex-zelador acusado de estupros

O juiz Adílson Fabrício Gomes Filho negou o segundo pedido de prisão preventiva feito Ministério Público da Paraíba (MPPB) contra o ex-zelador do colégio GEO, acusado de participar de sessões de abuso sexual contra quatro meninos dentro da unidade. Segundo o magistrado, não há fatos novos ou elementos no processo que justifiquem a prisão, uma vez que já foram aplicadas medidas cautelares e o acusado tem cumprido todas elas.

Secretário diz que escolas estaduais estão preparadas para evitar abusos

Em contrapartida, as escolas estaduais da Paraíba estão preparadas para evitar casos de estupro contra alunos. A afirmação foi do secretário de Educação do Estado, Aléssio Trindade, dada ao Portal Correio, na quarta-feira (13).

Segundo o secretário, o Estado vem promovendo o fortalecimento da comunidade escolar, trazendo cada vez mais os alunos para o convívio dentro da escola e incluindo os próprios alunos nas decisões que são tomadas pelos gestores.

Londrina vence no Almeidão e deixa Belo em situação difícil

O Botafogo-PB foi derrotado na noite da quarta-feira (13), por 2 a 0, pelo Londrina-PR, em jogo válido pela terceira fase da Copa do Brasil. Mesmo com um jogador a mais, o Belo não conseguiu furar a defesa do Tubarão, que explorou os contra-ataques e complicou a vida do time paraibano na competição.

Sandy & Junior começam turnê em Recife no dia 12 de julho

A dupla Sandy & Junior anunciou na tarde da quarta-feira (13) a turnê ‘Nossa História’, que vai percorrer dez capitais de todas as regiões do Brasil, começando por Recife (PE), e celebra 30 anos de carreira dos irmãos. O anúncio foi feito durante entrevista coletiva no Allianz Parque, em São Paulo (SP), com condução da ex-VJ da MTV Sarah Oliveira.

PB recebe 31 venezuelanos em etapa de interiorização

A Paraíba recebeu nessa quarta-feira (13) 31 dos 234 refugiados e migrantes venezuelanos que deixam Boa Vista (RR) com destino a 14 cidades brasileiras. Com esse número, a Paraíba já recebeu 244 venezuelanos desde que o programa de interiorização começou em 2018.

 Chega a dez o número de mortos em tiroteio em Suzano

A Polícia Militar informou, ainda durante a quarta-feira (13), que subiu para dez o número de mortos em decorrência do tiroteio na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, a 57 quilômetros de São Paulo. Mais 17 pessoas ficaram feridas. Segundo informações da Polícia Militar, dois adolescentes armados e encapuzados invadiram o colégio e disparam contra os alunos.

Quinta-feira (14)

• Operação Calvário

Livânia Farias é alvo de mandados de busca e apreensão

As terceira fase da Operação Calvário foi deflagrada na manhã da quinta-feira (14). Nas ocorrências, a secretária de Administração do Estado, Livânia Farias, e o marido, Elvis Rodrigues Farias, foram alguns dos alvos da fase.

Autoridades cumpriram mandados de busca e apreensão em um endereço do casal na capital paraibana. O vereador Carlos Pereira Leite Júnior (Kolorau Júnior), do município de Sousa, no Sertão, também é investigado. Conforme apuração da TV Correio, ele seria parente da secretária de Administração.

Porta-voz do governo defende que Livânia fique na secretaria

O porta-voz do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Ricardo Barbosa (PSB), defendeu a manutenção da secretária Livânia Farias à frente da Pasta da Administração. A declaração de Barbosa foi feita depois da deflagração da 3ª fase da operação, que investiga a participação da gestora em um suposto esquema de corrupção envolvendo a Cruz Vermelha, que gerencia hospitais no estado.

Sala alugada por Cida está entre endereços investigados

Ainda durante a manhã da quinta (14), a deputada estadual Cida Ramos (PSB) confirmou à Rede Correio Sat que um dos endereços vistoriados na terceira fase da Operação Calvário é o escritório que ela alugou a Elvis Rodrigues Farias, marido da secretária de Administração, Livânia Farias.

• Ataques e acusações marcam debate entre os candidatos de Cabedelo

Um debate acalorado e recheado de muitos ataques e acusações. Assim foi o realizado pela rádio 98 FM/Correio Sat, com transmissão do Portal Correio, entre os candidatos a prefeito do município de Cabedelo. A cidade enfrentará uma eleição suplementar neste domingo (17) em virtude da prisão e consequente renúncia do ex-prefeito Leto Viana.

 Operadores de ônibus em CG param e empresas citam ‘falência’

Os operadores de ônibus de Campina Grande paralisaram as atividades durante a manhã da quinta-feira (14) em protesto. O Sindicato dos Motoristas alegou que atraso nos salários dos trabalhadores.

Sexta-feira (15)

• Estupro no Geo Tambaú

Acusados de estupro em colégio de JP vão a julgamento em abril

A Vara da Infância e Juventude marcou para os dias 22 e 26 de abril as audiências de julgamento dos quatro adolescentes acusados de abuso sexual contra crianças, dentro do colégio GEO, em João Pessoa. Agora que os acusados de estupro estão apreendidos, a Justiça passa a ter um prazo de 45 dias para concluir o processo e sentenciar os envolvidos.

O Ministério Público pediu a condenação dos acusados, com aplicação da pena máxima que é o cumprimento de medida socioeducativa, por três anos. Já a defesa dos adolescentes diz que eles negam o crime e que não há provas da autoria. O ex-zelador do colégio, único adulto acusado de participar dos abusos, continua respondendo ao processo em liberdade.

• Colombianos são alvos de operação contra agiotagem

A Polícia Federal deflagrou, na manhã da sexta-feira (15), na Paraíba e no Amapá, a Operação Sicário, para combater crimes de agiotagem. Colombianos são alvos de cinco mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão. Na Paraíba, ordens judiciais foram cumpridas no bairro Bancários, Zona Sul de João Pessoa. Foram apreendidos celulares, dinheiro e anotações sobre o esquema criminoso. A operação contou com a participação de 30 policiais federais.

• Investimento da Cagepa cai 62% na Paraíba, diz levantamento

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) diminuiu em 62,36% os investimentos (saneamento básico, distribuição de água e contratação de temporários) entre os anos de 2017 e 2016. O dado é o mais recente do 23º Diagnóstico dos Serviços de Água e Esgotos (SNIS-AE), documento publicado na terça-feira (12) pela Secretaria Nacional de Saneamento (SNS) do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.